quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Elementos atacam a pouca ornamentação de Natal em Brejo da Madre de Deus



“BOSTAS” foi desejado a população do Brejo da Madre de Deus
 no final da tarde desta segunda-feira (15).

Desde a noite do sábado passado que o letreiro da Serra da Prata estava sendo preparado para desejar a população brejense a palavra “BOSTAS”. O letreiro que fica em um dos mais importantes cartões postais da cidade é visto a distância com a palavra “Boas Festas”, a questão é que alguém foi até lá e de propósito apagou algumas letras no sábado na intenção de formar a palavra BOSTAS, mas não conseguiram.

No final da tarde desta segunda-feira (15) por vários minutos a palavra desejando “fezes” aos cidadãos ficou acesa. Várias pessoas fotografaram a “merda” que fizeram na Serra da Prata e postaram nas redes sociais em ato de repúdio.

O curioso é que minutos depois o letreiro ficou apagado e voltou com a frase completa.
“Se fosse pane ou luzes queimadas não voltaria normalmente, foi mesmo para sacanear com a população brejense”, contou o cidadão Francisco que observou revoltado o ocorrido.
Populares que moram na zona rural contaram que viram movimentação estranha na subida da Serra da Prata. Uma ação criminosa como essa tem que ser investigada pelas autoridades competentes para que não volte a acontecer esse desrespeito com a população do Brejo da Madre de Deus.

A BRUXA TÁ A SOLTA NO BREJO, FAZ TEMPO!!!
A falta de respeito com a população brejense continua por parte de algumas pessoas que “perderam muito” com a saída do ex-prefeito cassado Dr. Edson.



Desde que o prefeito Roberto Asfora assumiu a prefeitura, vândalos tem agido em Brejo sede, distritos e sítios. Moradores esperavam o caminhão da coleta de lixo passar, para depois, colocar o lixo na rua e abrir o “bocão” dizendo que a prefeitura não estava fazendo a coleta de lixo. Algumas pessoas eram incentivadas a queimarem o lixo em frente às casas para chamar a atenção.

Em São Domingos, Sítio Tabocas e Brejo sede, de madrugada, ou em horário de almoço, as máquinas e caçamba da prefeitura tiveram fios cortados, na tentativa de prejudicar a limpeza e recuperação de estradas.

Um incêndio criminoso aconteceu há poucos dias na Secretaria de Agricultura em um amontoado de bancas escolares que não estavam sendo utilizadas, a intenção era prejudicar a decoração natalina, pois a Diretoria de Cultura informou que utilizaria as mesmas bancas na confecção dos enfeites de Natal.


 Em dezembro de 2013 foi o primeiro ataque dos vândalos
 Funcionários da prefeitura estiveram no local e resolveram o problema
 Os elementos cortaram a fiação elétrica

E agora, chegou à vez do leiteiro de Boas Festas na Serra da Prata ser alvo de bandidos. Na sexta-feira (14) até as 22h30min estava tudo normal, mas em pouco tempo algumas luzes foram apagadas de propósito formando o nome BO S TAS.


Na manhã deste sábado (15), uma equipe da Secretaria de Obras e Urbanismo foi até a Serra da Prata e consertou o letreiro.
“O cara que fez isso não é leito, entende do assunto ou foi instruído por alguém para fazer essa sabotagem. Ainda bem que o bandido que apagou as luzes não quebrou o letreiro, hoje consertamos o letreiro”, disse Assis da Celpe, responsável pelo setor.

É bom frisar que atos de vandalismo como esse em nada atinge a nova administração, apenas confirma o que toda população brejense já sabe: é desespero!
No facebook uma cidadã brejense desabafou:

“Isso só serve pra mostrar a alguém que ainda tinha esperança, que essas pessoas que fizeram isso não são dignos de morarem em nossa cidade Brejo da Madre de Deus. Falta de respeito, falta do que fazer, pois isso só serve pra vocês mesmo. Usar um dos cartões postal mais belo da nossa cidade pra fazer isso é vergonhoso, e ainda têm gente que dar risada, são dignos de pena”, disse Carmem Simplício.

No ano passado a situação foi parecida, mas por incompetência da administração do ex-prefeito cassado Dr. Edson, o letreiro foi instalado de forma errada, com letras ao contrário, depois a letra T teve algumas luzes queimadas, formando a palavra BOAS FESIAS.



Estação Notícias
                migueljc

Você sabe qual é a diferença entre espírito e alma?


Você já parou para pensar sobre se existe alguma diferença entre espírito e alma? É comum vermos essas palavras sendo usadas em expressões como “paz de espírito”, “alma caridosa”, “espírito maligno”, “alma penada” etc., bem como quando nos referimos àquela parte de nosso ser que não é palpável, mas que mesmo assim faz parte de nós.
Na verdade, as definições de alma e espírito são um tanto confusas, conforme explica Debra Kelly do site Knowledge Nuts, especialmente sob o ponto de vista religioso. Contudo, apesar de até mesmo na bíblia as duas palavrinhas serem embaralhadas em algumas passagens, de modo geral, a alma é aquela que reside em nossos corpos enquanto estamos vivos, e o espírito é eterno — dependendo das nossas crenças!

Alma

De acordo com Debra, as palavras “alma” e “espírito” aparecem na bíblia centenas de vezes, tanto no Velho como no Novo Testamento. Nas versões originais em hebraico do Velho Testamento existem algumas palavras que são empregadas para se referir à ideia de alma, sendo que a mais comum delas — repetida mais de 750 vezes — é nephesh. Já no Novo Testamento as palavras em grego que transmitem esse significado são psuche e psyche.
Basicamente, no Velho Testamento, os vocábulos do hebraico que são traduzidos como “alma” remetem à ideia de ser vivo, de criatura na qual existe vida, seja ela física ou mental. Algo parecido acontece no Novo Testamento, onde as palavras em grego que se referem à mesma ideia também têm significado de vida. Assim, a “alma” é o que faz de nós seres vivos.
Entretanto, é importante notar que no Velho Testamento não existe qualquer referência ao fato de a alma ser imortal. Portanto, segundo essa ideia, quando morremos, ela simplesmente deixa de existir, já que a alma não pode perambular por aí sem um corpo — vivo e operante.
Por outro lado, você se lembra que comentamos no início da matéria que as palavras “alma” e “espírito” são usadas de forma embaralhada algumas vezes? Então, no Novo Testamento existem referências sobre a sobrevivência da alma mesmo após a morte física, assim como sobre a morte dela antes do falecimento do corpo. Uma confusão!

Espírito

A palavra em hebraico que no Velho Testamento é utilizada em referência à ideia de espírito é ruach, que também tem significado de “vento” ou “sopro”. Nos textos mais antigos, o termo “espírito” é empregado para descrever a essência que Deus transmite aos homens e, mais tarde, ele é definido como o fator que torna cada um de nós um indivíduo único. Além disso, ainda segundo o Velho Testamento, quando morremos, o nosso espírito regressa à Terra.
Já no Novo Testamento, o vocábulo em grego que remete à noção de espírito épneuma e, neste caso, a tradução está associada à ideia de espírito que se volta para Deus — ou se afasta dele! — e é libertado da carne depois da morte. Assim, o “espírito” é aquele que nos conecta ao criador, e é através dele que qualquer mortal crente poderá se unir ao espírito do Senhor com quem se tornará um só.
Segundo Debra, é graças ao espírito que temos alma, pois é nele que residem as nossas emoções. Em poucas palavras, o espírito é a nossa consciência — que pode ser do bem ou do mal — e é capaz de guiar as nossas atitudes. Portanto, enquanto a alma está presente em qualquer um contanto que esse indivíduo esteja vivo, o espírito de uma pessoa pode ser eterno.

Prefeito de Bom Conselho está foragido


O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou o habeas-corpus impetrado pela defesa do prefeito de Bom Conselho, Danilo Godoy (PSDB). A decisão deixou o prefeito na condição de foragido, podendo ser preso a qualquer instante.

Ele e os estudantes Jocelino Ramos de Carvalho Filho e Eduardo Cavalcante Ramos de Carvalho são acusados pelo homicídio de Rufino Gomes de Araújo Neto, dono de academia de artes marciais e professor de jiu-jitsu em João Pessoa (PB), conhecido como Morceguinho.

A decisão do relator revogou liminar anteriormente deferida que concedia direito à liberdade provisória aos três acusados. Rufino Gomes teria sido morto por conta de uma briga ocorrida durante o Fest Verão de 2011, na cidade de Cabedelo (PB), envolvendo o furto de uma garrafa de uísque. Testemunhas disseram que Morceguinho envolveu-se na briga para defender um amigo e foi morto pelos pernambucanos dias depois, em um crime premeditado.

Decisão

O ministro assentou em sua decisão que a Primeira Turma do STF consolidou entendimento no sentido da inadmissibilidade do uso de habeas corpus em substituição ao recurso ordinário, previsto na Constituição Federal. Contudo, salientou que o colegiado tem examinado a possibilidade da concessão da ordem de ofício. No entanto, segundo o ministro, não é o caso dos autos.

O relator observou que o decreto prisional expedido pelo juízo de origem está devidamente fundamentado na conveniência da instrução criminal, na garantia da ordem pública e na preservação de futura aplicação da lei penal.


Segundo o ministro, de acordo com a jurisprudência do STF, “a gravidade concreta dos fatos até então apurados justifica a custódia cautelar para a garantia da ordem pública”. As prisões, diz o relator, foram determinadas com base na gravidade concreta dos fatos, aferida diante do modo cruel do crime e da periculosidade dos acusados.
             pater

Confirmado afastamento dos dez vereadores de Caruaru



O blog teve acesso agora há pouco ao documento do Tribunal de Justiça de Pernambuco. De acordo com a nova decisão dos Desembargadores, os dez vereadores indiciados pela Operação Ponto Final 1 devem ser afastados das funções púbicas. 

Com isso, assim que a Câmara for notificada, irão passar por um novo afastamento Neto (PMN), Eduardo Cantarelli (SD), Cecílio Pedro (PTB), Val das Renderias (Pros), Pastor Jadiel (Pros), Jajá (sem partido), Evandro Silva (PMDB), Louro do Juá (SD), Sivaldo Oliveira (PP) e Val de Cachoeira Seca (DEM).

A defesa dos vereadores vai recorrer da decisão junto ao próprio TJPE.
                       genildo

IRMÃO DO PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE JATAÚBA ZITO LOPES É ENCONTRADO MORTO

Foi encontrado hoje pele manhã o senhor Antônio Lopos de Araújo de 57 anos de idade, ele era irmão do vereador Zito Lopes que atualmente exerce a função de presidente da Câmara municipal de vereadores de Jataúba, segundo informações Antônio foi encontrado pelo a pessoa que cuidava dele onde mora no Sítio Mimoso zona rural de Jataúba.
Antônio estava doente ele era diabético e sofreu um AVC e a pouco tempo ele estava internado no Recife e nesses dias teria sido transferido para o hospital de Jataúba e na última segunda feira recebeu alta, segundo informações Antônio passou a tarde em um bar no Sítio Mimoso conversando com amigos e a tardinha veio para sua casa foi dado janta a ele e ele foi dormir e quando foi pela manhã desta quarta (17) como de costume a pessoa que cuidava chamou para tomar café e ele não respondeu e ele foi verificar e encontrou Antônio sem vida.

Segundo o vereador Zito Lopes ele será sepultado no cementério do Mimoso na tardinha desta quarta-feira (17).

Ruy Siqueira/Portal do Agreste
                duke

APÓS CAPOTAMENTO NA PE 160, DOIS HOMENS ESCAPAM DA MORTE POR MILAGRE



Um acidente agora a pouco na PE-160 próximo a Pista Canela, fez dois amigos nascerem de novo. Uma Strada guiada por um popular conhecido como Rogério, vinha sentido Santa Cruz do Capibaribe/Jataúba e capotou após evitar bater na traseira de um caminhão. O motorista que é da cidade de João Alfredo, teve fratura exposta na perna e no braço.

No momento do acidente, o médico Dr. Silvano Silva passava pelo local, e prestou os primeiros socorros a vitima enquanto a unidade do SAMU chagava. O outro ocupante do veículo, teve apenas arranhões leve e ambos já foram socorridos sem riscos de morte.


Reportagens e fotos: Marcelo Santa Cruz
                 AUTO_son

CARROS DEVEM ESTAR EQUIPADOS COM NOVO TIPO DE EXTINTOR A PARTIR DE 2015

A partir de 1º de janeiro de 2015, todos os veículos do País deverão estar equipados com extintores de incêndio do tipo ABC – aqueles que também são capazes de apagar fogo iniciado em materiais sólidos como bancos, tapetes e painel do automóvel. Os extintores presentes em carros mais antigos, do tipo BC, são eficazes no combate a incêndios causados por líquidos inflamáveis como gasolina, óleo diesel e fogo iniciado em equipamentos elétricos da fiação.

A exigência para mudança nos extintores vale para carros, caminhonetes, utilitários, ônibus e caminhões. A lei foi provada em 2009, mas a obrigatoriedade só vai começar agora. Esse intervalo se fez necessário para que a indústria tivesse tempo suficiente para se adequar à nova realidade. Faz pelo menos três anos que os carros zero-quilômetro passaram a sair de fábrica com o novo tipo de extintor. O problema é que muitos postos de combustível venderam o modelo BC até bem pouco tempo e existe muito carro rodando com esse tipo de equipamento.

“Desde o ano passado que não vendemos extintores do tipo BC. Mas, ainda hoje, é comum receber na loja clientes querendo recarregá-lo”, disse Valfredo Cordeiro, diretor da Recife Extintores.

Os especialistas dizem que o aparelho ABC é mais eficiente e apresenta prazo maior de validade. Enquanto ele vale por cinco anos, os dispositivos do tipo BC vencem em três anos. Mas o consumidor também vai perceber uma desvantagem do novo em relação ao modelo antigo. Após a expiração do prazo de validade do extintor ABC, ele terá de ser descartado e o motorista precisa desembolsar entre R$ 75 e R$ 120 por um novo. No modelo BC, o dono do carro gasta R$ 20, em média, para fazer a recarga.

Com a obrigatoriedade dos novos equipamentos, o Detran-PE promete ficar atento. “Nas nossas operações já fiscalizamos vários equipamentos obrigatórios pela lei. A partir de 1º de janeiro de 2015, os agentes vão passar a observar a presença dos novos extintores do tipo ABC em todos os veículos e punir quem estiver em desacordo com a legislação”, alertou Eric Augusto, chefe de fiscalização do Detran-PE.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, conduzir veículo sem equipamento obrigatório é infração grave, com multa de R$ 127,69. O motorista ainda leva cinco pontos na carteira de habilitação e o automóvel ainda será retido para regularização. A lei aplica a mesma punição para o condutor que estiver trafegando com o extintor fora do prazo de validade, vazio ou com lacre rompido.
                 duke

VACINAÇÃO DE PÓLIO E SARAMPO PRORROGADA ATÉ 31/12

 A Secretaria Estadual de Saúde (SES) prorroga até o dia 31 de dezembro a campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo. Até o momento, foram vacinadas 577.752 crianças entre 6 meses e menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) contra a pólio (92,36% de um total de 625.552) e 195.270 meninos e meninas entre 1 ano a menos de 5 anos contra o sarampo (89,38% de 220.757). A meta é vacinar, no mínimo, 95% do público alvo. Todos os postos de saúde estão abastecidos para fazer o atendimento dos pequenos pernambucanos.
 No caso da imunização de sarampo, não é indicado vacinar crianças que estejam com infecções agudas e febre a partir de 38º. Meninas e meninos com alergia a leite de vaca também não devem tomar a trípice viral (sarampo, rubéola e caxumba).
 HISTÓRICO DA POLIO – A poliomielite não é registrada no Brasil há 25 anos. O último caso foi no município de Souza, na Paraíba, em 1989. Em Pernambuco, foi em 1988. Desde 1994, o Brasil recebeu o Certificado Internacional de Erradicação da Transmissão Autóctone do Poliovirus Selvagem.
 No mundo, entre 2013 e 2014, a Organização Mundial de Saúde (OMS) registrou casos em dez países, como Camarões, Iraque, Nigéria e Paquistão, os dois últimos considerados endêmicos. Só em 2014 foram 149 casos da doença no mundo, sendo 117 no Paquistão.
 HISTÓRICO DE SARAMPO – Em 2013, Pernambuco confirmou 202 casos de sarampo. Após uma intensa mobilização entre Estado e municípios, para vacinação das crianças, o número reduziu para 24 em 2014, com casos confirmados apenas no primeiro trimestre do ano. Antes disso, o último caso autóctone da doença tinha sido em 1999.
 A doença: O sarampo é uma doença infecciosa aguda, causada por vírus, cuja transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, como gotículas expelidas ao tossir, falar ou respirar. O período de incubação é, geralmente, de 10 dias, desde a data da exposição até o aparecimento da febre, e cerca de 14 dias até o início do exantema (erupção cutânea).
 Sintomas: Caracteriza-se por febre alta, acima de 38,5°C, exantema generalizado, tosse, coriza, conjuntivite e manchas de Koplik (pequenos pontos brancos que aparecem na mucosa bucal, antecedendo ao exantema). A gravidade da doença varia segundo as condições socioeconômicas, apresentando evolução severa em populações carentes, desnutridos, pacientes vivendo em moradias superpopulosas, imunodeprimidos ou com tratamento de imunossupressão. As complicações mais comuns são pneumonia, otite, doenças diarreicas e neurológicas. Acomete principalmente crianças, com até cinco anos de vida.
 


Secretaria de Saúde de Pernambuco
                pater