sábado, 9 de março de 2013

MARATONA DE SANEAMENTO - Ricardo autoriza obras em Cabaceiras e Caraúbas


Image 
 
O governador Ricardo Coutinho começou a maratona do saneamento básico nesta sexta-feira (08), no Cariri Paraibano, pelas cidades de Cabaceiras e Caraúbas. Mais de 13 mil pessoas serão beneficiadas com obras de implantação de esgotamento sanitário. Os investimentos nas duas obras são na ordem de R$ 9.078.131,83 

De acordo com Ricardo Coutinho, o Governo tem priorizado obras estruturantes, que vão mudar significativamente a vida das pessoas. “Saneamento básico é fundamental. Só em Cabaceiras são mais de R$ 5 milhões de investimentos. O Cariri vem mudando, estamos interligando cidades, trazendo renda através do Empreender-PB, trazendo hospitais, adutoras. Estamos valorizando a presença do homem e da mulher do Cariri, pois o que nos interessa é a dignidade das pessoas, a necessidade delas. Essa é a preocupação do Governo do Estado”, frisou o governador. 

Para o prefeito da cidade de Cabaceiras, Luiz Aires, as obras vão trazer qualidade de vida para quase seis mil moradores da Roliúde Nordestina. “Nossa cidade dará mais um passo para o progresso. Só temos que agradecer ao governador Ricardo Coutinho por essa obra, que vai melhorar a vida de tantas pessoas”, comemorou o prefeito. 
 
Image 

Morando na cidade há mais de 48 anos, o aposentado João Moraes Gouveia, acredita que agora o desenvolvimento vai chegar à região. “O Cariri tem um problema antigo de água e saneamento básico. Hoje, depois de ver o governador autorizar essas obras, acredito que nossa situação vai melhorar e muito!”, afirmou o aposentado. 

Caraúbas - Já no início da tarde, o governador Ricardo Coutinho assinou a ordem de serviço para obras de esgotamento sanitário na cidade de Caraúbas. Orçada em R$ 4,1 milhões, a obra beneficiará diretamente mais de 7 mil habitantes.  

Ricardo Coutinho foi recebido pela população e pela Orquestra Filarmônica 5 de maio, regida pelo maestro Laudemir, no clube Josetão, no centro da cidade.

Para a funcionária pública Sildenia Fernandes, a visita de Ricardo à cidade já mostra a preocupação do Governo com a população, pois, de acordo com a servidora, nunca um governador havia tido a preocupação de ir in loco autorizar obras. “Nossa situação de água e saneamento básico sempre foi muito precária. Esse investimento do Governo vai melhorar a vida das pessoas do nosso município. Nunca vi um governador vindo fazer isso em Caraúbas. Ricardo Coutinho foi o único a se preocupar com o Cariri”, afirmou Sildenia. 
 
Image 

O prefeito de Caraúbas, Severino Virgínio da Silva, comemorou a autorização das obras. “Nós do Cariri acompanhamos o que o governador tem feito pela nossa região. Só temos que agradecer por todo trabalho e atenção que ele tem dado ao nosso povo”, enfatizou o prefeito. 

Ricardo falou dos investimentos que estão sendo realizados na região do Cariri: “São R$ 400 milhões de investimento só para o Cariri paraibano, uma região que tinha poucas estradas asfaltadas e sem perspectivas de desenvolvimento. Hoje, esta realidade está mudando, a região está se transformando. Estamos fazendo aqui a maior estrada já construída, o anel do Cariri; eu sei da importância de uma estrada e de quanto ela é fundamental para o município. O Cariri está sendo olhado com a honra e a necessidade que precisa ser olhada”. 

O governador finalizou fazendo uma homenagem às mulheres paraibanas: “As mulheres ocupam papeis cada vez mais importantes na sociedade. É preciso que os homens compreendam e respeitem cada vez mais esses papeis. Que nós façamos, neste mês de março, um grande momento de reflexão e avanço”. 
 
Image 

Participaram da solenidade os secretários João Azevedo Lins Filho (Recursos Hídricos, Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia); Manoel Ludgério (Desenvolvimento e da Articulação Municipal); Adriano Galdino (secretário-chefe do governo); os deputados Trócolli Júnior, Francisco de Assis Quintans, João Henrique, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e conselheiros do Orçamento Democrático da região do Cariri. 

As fontes dos recursos são do Orçamento Geral da União (OGU) e Fundação Nacional de Saúde (Funasa).  A previsão é de que as obras sejam finalizadas em abril de 2014. 
 
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image 

Pouca chuva, muitas perdas

Cidades da região Agreste registram índices pluviométricos abaixo da média histórica


Em uma breve passagem pelas cidades da região é possível ter uma noção dos prejuízos causados pela seca. Com os reservatórios vazios, agricultores e pecuaristas estão sendo forçados a comprar água, vendida ao preço médio de R$ 100 o caminhão-pipa. Quem não tem recursos precisa utilizar do pouco que resta nos açudes ou mesmo recorrer a pessoas próximas e ao governo. Muitos produtores da região têm sido forçados a vender parte do rebanho para minimizar os prejuízos.

Segundo dados do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), nos seis primeiros dias de março choveu apenas um milímetro em Caruaru. No mesmo período não foi registrado um milímetro sequer de chuva em Riacho das Almas, por exemplo. O mesmo aconteceu com Jataúba, Tacaimbó e Brejo da Madre de Deus.

A equipe de reportagem do Jornal VANGUARDA esteve em Agrestina, mas especificamente na comunidade de Umbuzeiro, há 10 km do Centro. A comunidade é considerada a maior produtora de milho e feijão do município.

A estiagem tem prejudicado, principalmente, os agricultores e pecuaristas. Pessoas como Antônio Martins, de 69 anos, que costuma plantar milho, feijão e mandioca. Em 2012, durante a estiagem, o agricultor teve a perda de praticamente todo o plantio. "Não conseguimos colher quase nada. O pouco que resistiu à seca foi utilizado para o consumo da família", detalha.

O agricultor enfrenta, inclusive, problemas para manter as cabeças de gado que cria na propriedade. No fim de 2012 havia 14 animais. "O número só tem diminuído, e hoje são apenas sete. O dinheiro dos animais que estou vendendo está sendo utilizado para comprar comida para os poucos que restaram", revela Martins, que não sabe apontar o total do prejuízo.

Para minimizar as perdas, o agricultor tem utilizado a água de um reservatório de uma propriedade vizinha. Outra alternativa é a compra de carros-pipa. Cada um deles custa R$ 100, e é suficiente para usar durante apenas 10 dias.

Quem também acumula prejuízos é o agricultor Dioclécio Soares, de 52 anos. No caso dele, a perda é ainda maior. As 27 cabeças de gado que possuía até o fim do ano passado foram reduzidas para 15. "Acabei tendo que vender algumas, e as outras só não morreram de fome porque levei para a propriedade de um conhecido, onde ainda resta um pouco de água e de pastagem", detalha.

A situação só não é mais grave porque a Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Agrestina tem buscado incluir os agricultores em iniciativas e programas mantidos pelos governos Estadual e Federal. Estes programas têm ajudado a comunidade a minimizar as perdas.

De acordo com o secretário da pasta, Ademir Alves, desde o início de fevereiro a população rural de Agrestina recebeu 102 toneladas de cana-de-açúcar. "Temos buscado apoio junto às diferentes esferas de governo, para que possamos ajudar os agricultores no que for preciso. No caso da cana-de-açúcar, o governo faz a compra e doa para que os agricultores possam utilizar para alimentar os animais", detalha Alves, que tem acompanhado a situação de perto. "Estamos desde setembro com chuvas irregulares e que pouco contribuem com a agricultura e a pecuária", finaliza.

Municípios da região em alerta

Quatro municípios da região não registraram nenhum milímetro de chuva nos seis primeiros dias deste mês. São eles: Brejo da Madre de Deus, Riacho das Almas, Jataúba e Tacaimbó. Os dados são do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), que monitora a quantidade de chuvas e as atividades agronômicas em todas as regiões do Estado.

Os dados chamam a atenção e mostram também que em Caruaru, por exemplo, choveu apenas 1 milímetro durante todo este período. Em uma situação parecida está Santa Cruz do Capibaribe, onde durante este mesmo período foi registrado apenas 0,6 milímetros. Já em Agrestina, município visitado pelo VANGUARDA, o IPA registrou 11,5 milímetros de chuva nos seis primeiros dias deste mês.

De acordo com o agrônomo Fábio César, do IPA, 2012 foi o ano que menos choveu em Caruaru desde 1960. "Registramos 228 milímetros, quando o esperado seria 690", informa. Ele revela que 90% das plantações de milho e feijão da região foram prejudicadas pela estiagem no período.

Em relação a 2013, o agrônomo aponta que a realidade não é muito diferente. "Em janeiro, por exemplo, eram esperados 47 milímetros e foram contabilizados 13,3. O mesmo aconteceu em fevereiro quando eram esperados 6, e não foi registrado nenhum milímetro de chuva", informa.

"Como reflexo, temos a escassez de pasto para alimentar o gado e ainda a perda de plantios inteiros. E isso também reflete no bolso do consumidor, que acaba sendo prejudicado com a alta dos preços", contextualiza o profissional. Ainda segundo ele, a realidade se aplica a inúmeros municípios da região.

Enquanto o povo sofre com a seca a Prefeitura do Brejo faz festa e gasta dinheiro à toa



Enquanto a população sofre cada vez mais com a seca, a prefeitura do Brejo da Madre de Deus gasta o dinheiro do povo com bandas que se apresentarão na segunda-feira (18), na festa do Padroeiro São José.

A prefeitura chegou a cancelar as festividades de fim de ano, o Auto de Natal e recentemente o Carnaval, alegando à seca, mas até agora, não fez absolutamente nada para amenizar o sofrimento da população, e sem mais nem menos, anuncia duas atrações e vai gastar dinheiro com festa enquanto o povo sofre cada vez mais e vai “dançando”.

A prefeitura deveria, por exemplo, contratar mais carros pipa, abrir poços artesianos na zona rural, mas não, parece que a ordem em Brejo da Madre de Deus é de não gastar nada e não fazer nada pelos menos favorecidos.

Mas em contra partida de Janeiro deste ano até agora, já entrou nos cofres da Prefeitura do Brejo, quase dez milhões de reais, e o que se vê na cidade são descasos na saúde, educação, segurança e na infra-estrutura. Brejo da Madre de Deus é hoje uma cidade abandonada, está tudo parado por parte da prefeitura que só recebe e não trabalha. 

Fornecedores, prestadores de serviços ainda não receberam o que a prefeitura deve desde o ano passado.

Na feira livre deste sábado (09) o que se ouvia eram as reclamações do povo, a revolta está aumentando cada vez mais com este que sem sombra de dúvidas, foi o pior prefeito da história do Brejo da Madre de Deus.

Do Estação Notícias
                        

Comercial João de Barro é assaltada pela segunda vez. Dono diz que vai fechar o estabelecimento.



Em pouco mais de um mês, a Loja Comercial João de Barro é assaltada duas vezes em Brejo da Madre de Deus, o primeiro assalto aconteceu no sábado dia 26 de janeiro, e neste sábado (09) no início da tarde, aconteceu o segundo assalto.

Dois elementos armados chegaram em uma moto de modelo e placa não anotado e apenas um entrou na loja, e de capacete na cabeça e revolver na mão anunciou o assalto, pegou todo o dinheiro do caixa e mandou o funcionário ai para os fundos da loja para que ele não visse para que lado o assaltante ai fugir, em seguida os meliantes foram embora sem deixar pistas.

Segundo informações de Robson,  proprietário da loja, pareceu um replay do primeiro assalto.

“Foi do mesmo jeito do outro assalto, eu estava almoçando em casa e minha mãe me ligou desesperada informando que a loja foi assaltada de novo. Desta vez não dá mais, eu vou parar por aqui e fechar as portas, não quero mais continuar com o comercio”, disse Robson ainda muito abalado.

Robson ainda contou que após o assalto ligou vária vezes para a delegacia, mas ninguém atendeu o telefone.

“Liguei várias vezes para a polícia, chamou, chamou e ninguém atendeu, uma viatura da polícia militar passou por acaso de frente ao estabelecimento e pedi para eles pararem, contei o que tinha acontecido, eles anotaram algumas coisa e apenas disseram que eu fosse para a delegacia fazer um boletim de ocorrência”, contou Robson.

Do Estação Notícias

                

Cadê Tonheira? Taquaritinga sedia Reunião do CONIAPE





 Pela primeira vez sob o comando do Prefeito de Taquaritinga no Norte, Evilásio Araújo, o Consórcio Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (CONIAPE), consórcio que reúne 11 municípios do Polo de Confecções de Pernambuco e da Paraíba, e que se reuniu pela primeira vez, após a eleição da nova mesa diretora, nesta sexta-feira (08/março), no auditório da Pousada Várzea grande, em Taquaritinga do Norte, onde o mote do encontro foi o processo de reorganização burocrática do CONIAPE.

 

Além da presença dos Prefeitos Dr. Edson Souza (Brejo da Madre de Deus) e Lucy Teixeira (Barra de São Miguel-PB) que compõem com Evilásio a mesa diretora do CONIAPE, também presenciaram a reunião os prefeitos Robevan (Santa Maria do Cambucá), Dr. Neves (São Caetano), José Ademar (Alcantil-PB) e representaram os demais municípios José Antonio (Vice Prefeito de João Alfredo), Dr. Marcelo Diógenes (Procurador de Santa Cruz do Capibaribe) e Douglas Costa (Secretário de Governo de Toritama), além de secretários e funcionários municipais e da imprensa regional que também se fez presente.

Da reunião também participaram o advogado Dr. André Pitt, que abordou detalhes do estatuto que precisam ser mudados visando dar mais funcionalidade ao CONIAPE e também o consultor e especialista em consórcios intermunicipais e gestão pública Dr. Laércio Queiroz, que fez uma ampla explanação dos aspectos do consórcio que precisam ser aperfeiçoados, a exemplo do tamanho real que o CONIAPE deve ter e suas áreas de atuação, o custo operacional mensal, a elaboração do contrato de rateio entre os municípios, as alterações a serem feitas no protocolo de intenções e no próprio estatuto, a definição de equipe técnica e de sede física além de ter realizado uma ampla abordagem sobre a importância dos consórcios públicos para os pequenos municípios e que ganhos poderão ser contabilizados pela população através deste instrumento.

“A reunião foi extremamente proveitosa uma vez que nela foram abordados aspectos referentes ao funcionamento de consórcios públicos por um dos maiores especialistas do Brasil que é o Dr. Laércio Queiroz que, em sua palestra, apresentou soluções do que podemos fazer no CONIAPE. Agradeço a presença e o empenho dos prefeitos e representantes dos municípios participantes e ressalto que todas as decisões do Consórcio serão tomadas em comum acordo entre os integrantes do CONIAPE. Esse foi o primeiro passo para muitas conquistas que virão”, declarou o Prefeito Evilásio.

É CADA VEZ PIOR A SITUAÇÃO DA BARRAGEM DE XUCURU


A seca continua castigando os  nordestinos há vários meses desde grande parte de 2012, já estamos no terceiro mês de 2013 e a situação vai ficando cada vez mais difícil. Em Xucuru de Belo Jardim desde novembro não existe mais abastecimento de água através da estação de tratamento local. Inclusive, a COMPESA, suspendeu temporariamente a cobrança das contas dos consumidores da região de Xucuru por causa da falta d'água.

A barragem que abastece a localidade está praticamente no colapso total sem condições de remanejar água para as tubulações da estação de tratamento, deixando milhares de pessoas sem o precioso líquido. Até pouco tempo atrás a COMPESA disponibilizava água para que os consumidores buscassem no local que feito o tratamento, mas com a terrível seca a barragem praticamente secou de vez e não tem mais como distribuir água dessa forma.

A empresa conseguiu dois carros pipa para ajudar a diminuir o sofrimento das pessoas que vêm sofrendo com esta longa estiagem, segundo os mais experientes, a maior dos últimos 30 ou 40 anos.

Veja fotos da real situação da barragem de Xucuru:










Fotos: Facebook de Yasmim Patriota

Sem assumir candidatura, Eduardo Campos já costura apoios para 2014

                                 
       Eduardo Campos, governador de Pernambuco, já costura apoios para possível candidatura em 2014


Mesmo sem admitir publicamente se será candidato a presidente da República em 2014, o governador pernambucano, Eduardo Campos(PSB), tem realizado uma série de encontros e já busca alianças para garantir a necessária sustentação eleitoral. Nesta semana, em Brasília, o compromisso protocolar com a presidentaDilma Rousseff (PT) foi apenas um detalhe na agenda do governador, que dedicou a maior parte do seu tempo na capital para costurar apoios para 2014. O PSB tem conversado principalmente com PDT, PPS, DEM e PTB.
Com o PDT, Campos tem se aproveitado da divergência interna no partido e procurado conquistar apoio da ala mais numerosa, ligada ao ex-ministro Carlos Lupi (RJ) e ao deputado Paulinho da Força (SP). No entanto, só após a eleição da direção nacional do PDT, marcada para o próximo dia 22 de março, é que Eduardo Campos terá condições a avaliar se contará formalmente com o partido e, consequentemente, com o tempo de televisão que cabe à legenda.
Mesmo sem admitir publicamente se será candidato a presidente da República em 2014, o governador pernambucano, Eduardo Campos(PSB), tem realizado uma série de encontros e já busca alianças para garantir a necessária sustentação eleitoral. Nesta semana, em Brasília, o compromisso protocolar com a presidentaDilma Rousseff (PT) foi apenas um detalhe na agenda do governador, que dedicou a maior parte do seu tempo na capital para costurar apoios para 2014. O PSB tem conversado principalmente com PDT, PPS, DEM e PTB.
Com o PDT, Campos tem se aproveitado da divergência interna no partido e procurado conquistar apoio da ala mais numerosa, ligada ao ex-ministro Carlos Lupi (RJ) e ao deputado Paulinho da Força (SP). No entanto, só após a eleição da direção nacional do PDT, marcada para o próximo dia 22 de março, é que Eduardo Campos terá condições a avaliar se contará formalmente com o partido e, consequentemente, com o tempo de televisão que cabe à legenda.
No PSB, a vice para o PDT é vista como uma reivindicação natural visto que, no leque de alianças que Eduardo Campos vem trabalhando, o PDT seria o maior partido da possível composição. As conversas entre socialistas e PDT envolvem ainda a intenção de apoio mútuo entre Eduardo Campos e o senador Pedro Taques, que será candidato ao governo do Mato Grosso.
Financiamento
Já com o PTB, Eduardo Campos tem se mantido próximo do senador Armando Monteiro (PE), que deverá ser o candidato da legenda para sucedê-lo no governo de Pernambuco, e com o deputado estadual Campos Machado, que é secretário-geral do diretório nacional e comanda o partido em São Paulo. Pelo bom trânsito entre o setor industrial, Monteiro também é considerado fundamental para atrair financiamentos para a campanha no setor.
Para ter o PTB inteiro em sua campanha, Campos teria que vencer ainda resistências pontuais como o senador Gim Argelo (DF), que tenta manter-se próximo a Dilma Rousseff e é visto pelo PSB como o maior obstáculo a aliança com os trabalhistas.
Embora mantenha contatos com Monteiro e Campos Machado, Eduardo Campos considera fundamental obter um acordo direto com o presidente licenciado do PTB, Roberto Jefferson. Mesmo afastado por motivos de saúde, há um entendimento interno no PTB de que Jefferson não deixará o posto, a menos que decida fazê-lo, e que nenhuma articulação nessa direção será tolerada.
Insatisfação
O DEM também é um partido dividido e os socialistas têm apostado na insatisfação interna de setores da legenda com o tradicional parceiro eleitoral, o PSDB. O PSB vem buscando diálogo com os deputados federais Onyx Lorenzoni (RS) e Efraim Filho (PB), mas terá que lidar ainda com a ala mais resistente a um rompimento com os tucanos.


Será o fim dos celulares xing-ling no Brasil?


Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) quer que todos os celularesnão homologados no Brasil deixem de funcionar a partir de 2014. Ela pediu através de um ofício, que as operadoras ClaroOiTIM e Vivo montem um plano para que os celulares xing-lings fiquem fora de operação.
quad-sim
A ideia inicial deve-se partir para o bloqueio do IMEI, sigla que significa “International Mobile Equipment Identity”, ou seja, é um número de identificação que está presente em cada celular. O objetivo da Anatel é acabar com o grande numero de IMEI clonados e de aparelhos que podem causar algum tipo de dano ao consumidor ou a terceiros.
Existe um possível problema nessa história. Alguns aparelhos comprados fora do Brasil como HTC e Asus por exemplo,  que não sejam homologados pela Anatel, estarão na faixa de exclusão das operadoras, o que pode torna obrigatório a compra de aparelhos somente em território brasileiro.

Dilma isenta cesta básica de impostos federais


                                             
BRASÍLIA - Em meio a uma pré-campanha eleitoral e preocupada com a persistente alta de preços no Brasil, a presidente Dilma Rousseff fez nesta sexta-feira, 8, mais um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão, desta vez para anunciar a isenção de impostos federais sobre os produtos que compõem a cesta básica. O governo federal vai abrir mão de R$ 5,5 bilhões em receitas já neste ano.
Após o anúncio, o PSDB afirmou que a desoneração veio com atraso, além de refletir "a dificuldade de planejamento do PT e a resistência em reconhecer a qualidade de iniciativas alheias". Há seis meses, a presidente vetou emenda apresentada pelos partidos de oposição que também previa a desoneração dos itens da cesta básica.
Nos cálculos da equipe econômica, a medida anunciada pela presidente Dilma deve reduzir em até 0,6 ponto porcentual o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano. O Estado apurou que o corte de impostos, que seria anunciado no feriado do 1º de maio, foi antecipado justamente para contrabalançar a forte inflação registrada nos primeiros dois meses do ano.
O ministro da Fazenda, Guido Mantega convocou para segunda-feira uma grande reunião em Brasília com os principais empresários e representantes do setor de supermercados e comércio varejistas para cobrar o repasse "imediato" das desonerações ao consumidor. Vão participar da reunião representantes de redes como Pão de Açúcar, Carrefour, Wal-Mart, BR Foods e associações empresariais.
No pronunciamento, Dilma antecipou o pedido que o ministro da Fazenda fará aos executivos. A presidente afirmou que espera "contar" com os empresários para que o corte dos impostos represente uma redução "de pelo menos" 9,25% no preço das carnes, do café, da manteiga, do óleo de cozinha, e de 12,5% na pasta de dentes, nos sabonetes, entre outros. A partir do ano que vem, a renúncia fiscal total será de R$ 7,3 bilhões.
Inflação. A presidente demonstrou forte desejo que a medida ajude a derrubar os preços na economia. "Vocês logo vão perceber que essa medida trará uma forte redução nos seus custos, e isso vai dar margem para a expansão dos seus negócios", disse ao presidente, ao mandar um "recado" para produtores e comerciantes. Mais adiante, no longo pronunciamento que totalizou 11 minutos, Dilma foi mais enfática: "não descuido um só momento do controle da inflação, pois a estabilidade da economia é fundamental para todos nós".
A presidente aproveitou para reforçar prováveis bandeiras eleitorais no campo econômico, como a redução dos juros e do preço da energia elétrica - este último, inclusive, anunciado no pronunciamento anterior, no fim de janeiro.
Dos produtos que constam da cesta básica, as maiores renúncias fiscais ficarão com a carne bovina e suína, aves, peixes, ovinos e caprinos, que totalizam R$ 2,1 bilhões neste ano. Todos os produtos da cesta básica passam agora a ter a alíquota do PIS/Cofins zerada. No caso de açúcar e sabonete, haverá também renúncia de mais de R$ 420 milhões de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em 2013. A presidente também ampliou de 13 para 16 itens a composição da cesta básica, ao somar papel higiênico, pasta de dente e sabonete.
Defesa do consumidor. A segunda medida citada pela presidente nesta sexta-feira foi o anúncio de que, na próxima sexta-feira, o governo vai divulgar um pacote de medidas "que transformarão a defesa do consumidor em uma política de Estado no Brasil". Dilma prometeu a criação de novos instrumentos legais "para premiar as boas práticas e punir as más". Além disso, garantiu que vai reforçar estruturas de defesa dos consumidores já existentes, como os Procons.
"O Brasil vai fiscalizar com mais rigor, aplicar multas mais adequadas, vai conscientizar empresas, consumidores e toda a sociedade sobre as vantagens, para todos, da melhoria das relações de consumo", afirmou.

sexta-feira, 8 de março de 2013

Veja quanto Jataúba vai ser contemplada com os Royalties.

Royalties: veja quanto as cidades pernambucanas irão receber
Na entrada do plenário da Câmara, antes do início da apreciação dos vetos à nova distribuição dos royalties do petróleo, deputados e senadores receberam uma tabela. Nela, eram mostrados os valores que cada Estado terá direito se os vetos presidenciais forem derrubados.

A tabela foi elaborada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) com o objetivo de mostrar a importância da nova regra de distribuição.

Além desta relação, no decorrer da última terça-feira (6), prefeitos e prefeitas receberam quatro mensagens via celular. Nelas, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, orientou os gestores a lutarem pela derrubada dos vetos. A última mensagem informou com detalhes o quanto cada município deve receber caso a decisão da presidente Dilma Rousseff (PT) seja suspensa.

Para ver os valores destinados aos municípios pernambucanos, clique aqui.
                  AUTO_sponholz

Sempre lutando por uma Jataúba melhor.




Fui a Gerencia Regional da Compesa em Santa Cruz cobrar Ação dos Excelentíssimos senhores, Jorge Marcelo e Antonio Correia, ampliação na distribuição de água, uma vez que Jataúba só conta com 1 caminhão Pipa para abastecer toda a Cidade, o que é insuficiente pra atender a População que clama por Providencias em carácter de urgencia. JOSEÍLSON ALVES. FURIBINHA DO PT A LUTA CONTINUA.

Visão do blog .

Vemos que cidadão desta forma é difícil de se ver perdeu a eleição mais ainda luta por sua cidade de peito aberto sem medo de ser feliz parabéns FURIBINHA você é o cara.


Do Jataúba News
                      untitled

Câncer no estômago pode ser detectado com exame de hálito, diz estudo


Um exame de hálito simples e rápido pode diagnosticar um câncer no estômago, segundo um estudo realizado por cientistas israelenses e chineses. Em um levantamento com 130 pacientes, os pesquisadores descobriram que o exame tinha 90% de precisão no diagnóstico e na diferenciação do câncer de outros problemas do estômago.
(Foto: Wikimedia Commons)

O novo teste tenta detectar perfis químicos no hálito que são característicos de pacientes com câncer no estômago. A revista especializada British Journal of Cancer afirmou que o exame pode revolucionar e acelerar a forma como o câncer é diagnosticado.

Atualmente, o diagnóstico da doença pode ser feito por meio de uma endoscopia. No procedimento, o médico insere um cabo flexível pela boca do paciente, que acoplado a uma microcâmera, permite a visualização do aparelho digestivo.

Kits e cães
Os pesquisadores descobriram que o câncer no estômago possui uma espécie de marca, uma característica específica: compostos orgânicos voláteis, que emitem um cheiro e podem ser detectados usando um kit médico ou talvez até cães farejadores.

A técnica usada no exame não é nova, muitos pesquisadores estão trabalhando na possibilidade de exames de hálito para diagnosticar vários tipos de câncer, incluindo o de pulmão.

O trabalho do professor Hossam Haick, do Instituto de Tecnologia de Israel, analisou 130 pacientes em situações diferentes: 37 deles tinham câncer de estômago, 32 tinham úlceras e 61 tinham outros problemas de estômago.

Além de assegurar, com precisão, a diferença entre todos os problemas em 90% das vezes, o exame do hálito também conseguiu apontar em quais casos o câncer estava nos estágios iniciais e em quais estava em fases mais avançadas.

Agora, as equipes israelense e chinesa estão fazendo um estudo maior, envolvendo mais pacientes, para corroborar os resultados dos primeiros testes.

Para Kate Law, diretora de pesquisa clínica da ONG britânica Cancer Research UK, os resultados da pesquisa são "promissores".

"Apenas uma em cada cinco pessoas consegue uma cirurgia como parte do tratamento, pois a maioria dos casos de câncer no estômago são diagnosticados em fases que são avançadas demais para uma cirurgia", afirmou.

"Qualquer exame que ajude a diagnosticar cânceres de estômago mais cedo vai fazer diferença na sobrevivência de longo prazo do paciente", acrescentou.

Jota isaias

                  duke

TE LASCA-SE FURIBINHA: PROJETO PUNE POLÍTICO QUE PROMETE E NÃO CUMPRE


A Câmara analisa o Projeto de Lei 4523/12, do deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), que torna crime o não cumprimento das propostas de governo registradas durante a campanha eleitoral e também as promessas divulgadas pelo candidato no horário eleitoral no rádio e na TV e na internet.

O projeto altera o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) para incluir o estelionato eleitoral entre as práticas de estelionato. De forma geral, esse crime caracteriza-se pela obtenção de vantagem ilícita com prejuízo para outra pessoa, a partir da indução ao erro mediante fraude. A pena atualmente prevista é reclusão de um a cinco anos e multa.

Na opinião de Nilson Leitão, o estelionato eleitoral encerra o mesmo tipo de fraude, só que em relação ao exercício da cidadania. “São muitos os candidatos que registram propostas às vezes impossíveis de serem executadas. O eleitor desavisado acredita e vota no candidato que, depois de eleito, ignora as propostas como se não as tivesse feito. Isso é enganar o eleitor, é fraudar o processo eleitoral”, afirma o parlamentar.

Em relação ao registro de propostas, a Lei Eleitoral (9.504/97) prevê a exigência para candidatos ao Executivo – presidente, governadores e prefeitos.

Tramitação
O projeto tramita em conjunto com o PL 3453/04, que tipifica como "estelionato eleitoral" o crime no qual o candidato promete, durante campanha eleitoral, realizar projetos de investimento sabendo que é inviável a concretização da promessa. As propostas estão sendo analisadas pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, depois seguem para o Plenário.

Íntegra da proposta:

Informa a AGÊNCIA CÂMARA

Tu pira em mim né Joaquim de Zé Preto

                                
                 

Mecânico de máquinas é assassinado no Centro de Santa Cruz



Polícia e populares presenciam mais um homicídio em Santa Cruz. Fotos: Fernando Lagosta.

Um homem foi assassinado no início da tarde desta sexta-feira (08), por volta das 13h, na Rua Bom Jesus, no Centro de Santa Cruz do Capibaribe.

O homicídio ocorreu dentro de uma oficina de máquinas pertencente ao Grupo Makital. A vítima foi identificada como Luiz Felix de Santana (43 anos e residente na Rua São José, em São Domingos), era mecânico e  funcionário da empresa.

Segundo informações da polícia, duas pessoas chegaram em uma moto (ainda não identificada) e dispararam contra vítima, que foi atingida com cinco tiros.

A polícia chegou ao local minutos depois do crime e uma multidão de curiosos cercou os arredores para ver o que estava acontecendo.

Polícia fez o isolamento do local.

Corpo sendo retirado.

O Samu chegou a ser acionado, mas a vítima já estava sem vida e a ambulância levou algumas pessoas para o Hospital Mnicipal,  que passaram mal ao ver o que tinha acontecido na oficina.

José Felix, segundo informações da polícia, já tinha sofrido outra tentativa de homicídio em 2012 e por enquanto, ainda não foram apresentados possíveis suspeitos de cometer o crime.

Esse é o 11º homicídio registrado em Santa Cruz durante os três primeiros meses de 2013.

Hoje tá liberado

                 newtonsilva

Secretário de Defesa Social é promovido a coronel da Polícia Militar



Coronel PM Alexandre Sousa
O secretário Defesa Social de Santa Cruz do Capibaribe, Alexandre Sousa, foi promovido a coronel da Polícia Militar de Pernambuco.

A promoção consta no Diário Oficial de Pernambuco, desta sexta-feira (08).

A nova patente não vai afastar o coronel de suas funções na cidade e só vem a contribuir para o bom desempenho de suas atividades.

Ney Lima
                        untitled

PF INVESTIGA SERVIDORES E FILHO DE EX-PREFEITA NA PARAÍBA




Cabedelo/PB – Na manhã de hoje (8), a Polícia Federal deu cumprimento a 15 mandados de busca e apreensão em residências de ex-secretários municipais, em diversas empresas e na casa do filho da ex-Prefeita da cidade de Conceição. Os mandados foram expedidos pela 14ª Vara da Justiça Federal em Patos/PB e foram cumpridos em endereços localizados nos municípios paraibanos de João Pessoa, Cabedelo, Conceição, Itaporanga, Livramento, Monteiro, São José da Lagoa Tapada, São José de Piranhas e Uiraúna. 
As investigações demonstraram que o filho da ex-Prefeita, apesar de não possuir qualquer vínculo formal com a Prefeitura de Conceição/PB, intervinha de maneira determinante nos negócios do município, intermediando a relação entre a prefeitura e empresas que executavam obras licitadas. Verbas oriundas de convênios federais e contratos de repasse com a União eram rateadas entre ele e os empresários contratados.
 No total foram apuradas ilegalidades em 10 licitações realizadas entre os anos de 2010 e 2012 cujos valores totais ultrapassam R$ 7 milhões. Durante o referido período houve o repasse de quase R$ 5 milhões referentes a tais obras, que tiveram 6 empresas beneficiárias.Com o apoio da Controladoria Geral da União-PB, foi constatada a existência de diversos pagamentos,  em valores bem superiores às obras realizadas, a empresas, cujo contrato social está em nome de “laranjas”.
 Os investigados responderão por fraude em licitações, falsidade ideológica, formação de quadrilha e corrupção passiva.