sábado, 5 de abril de 2014

                    sinovaldo

Delegado: ‘Se tiver menores vendendo drogas, eu não vou lá, procurem o fórum, não procurem mais a polícia’

menores
Este caso aconteceu em 2012, mas a postagem do vídeo é muito válida em virtude da discussão recorrente em torno da redução da maioridade penal.
Ainda na semana passada, o Senado avaliou que a redução da maioridade penal não iria resolver o problema da violência, pois, segundo eles, “o grande problema é a falta de preparo do Estado em dar educação e perspectiva de vida aos menores carentes”.
Mas, voltando ao vídeo, ele mostra a revolta do delegado Sérgio Ribeiro, da Colider (MT), com a decisão de uma juíza em negar a internação de menores de idade apreendidos com um arsenal de armas de uso restrito e drogas. O próprio delegado Sérgio havia conduzido a operação.
No vídeo, ele afirma que a polícia não irá mais apreender menores.
“Se tiver menores vendendo drogas lá na praça em uma banquinha, eu não vou lá, procurem o fórum, não procurem mais a polícia”, desabafou.

“Não adianta a Polícia Civil e a Polícia Militar gastar tempo e dinheiro público para prender, que os magistrados soltam”.
A redução da maioridade é tema da proposta de emenda à Constituição de iniciativa do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) que abre a possibilidade de menores infratores entre 16 e 18 anos sofrerem uma punição diferenciada por participação em crimes hediondos (PEC 33/2012).

É hoje!

                         bbcc

MORRE AOS 66 ANOS O ATOR JOSÉ WILKER

O ator e diretor José Wilker morreu, aos 66 anos, na manhã deste sábado (5) no Rio. Ele sofreu um infarto. Wilker ficou conhecido por trabalhos marcantes em novelas como "Roque Santeiro", em que interpretou o personagem-título, e "Senhora do destino", em que interpretou o bicheiro Giovanni Improtta. No cinema, fez filmes como "Bye bye Brasil" e "Dona Flor e seus dois maridos".

Foto: AE
A sua última participação em novelas foi em 2013, em "Amor à vida", de Walcyr Carrasco, no papel do médico Herbert. Em 2012, ele foi o coronel Jesuíno no remake de "Gabriela", baseada no livro "Gabriela Cravo e Canela",  de Jorge Amado. Na versão original, exibida em 1975, havia feito Mundinho Falcão. Na TV Globo, participou de quase 30 novelas.

Começo
José Wilker de Almeida nasceu em Juazeiro do Norte no dia 20 de agosto de 1947 e se mudou com a família, ainda criança, para o Recife. A mãe, Raimunda, era dona de casa, e o pai, Severino, caixeiro viajante.

O primeiro trabalho de Wilker foi com apenas 13 anos, como figurante no teleteatro da TV Rádio Clube, do Recife. "Ficava por ali aguardando alguma ponta", lembrou ele em depoimento ao site Memória Globo. A aparição inicial foi como cobrador de jornal na peça "Um bonde chamado desejo", de Tennessee Williams.
Sua carreira no teatro começou no Movimento de Cultura Popular (MCP) do Partido Comunista, onde dirigiu espetáculos pelo sertão e realizou documentários sobre cultura popular.

Em 1967, Wilker se mudou para o Rio para estudar Sociologia na PUC, mas abandonou o curso para se dedicar exclusivamente ao teatro.

Em 1970, após ganhar o prêmio Molière de Melhor Ator pela peça "O Arquiteto e o imperador da Assíria", foi convidado pelo escritor Dias Gomes o para o elenco de "Bandeira 2" (1971), sua primeira novela. Seu personagem foi Zelito, um dos filhos do bicheiro Tucão (Paulo Gracindo).

"Eu fazia teatro há dez anos, não tinha nada. Uma semana depois de estar no ar, eu era um cara com uma conta no banco, identidade, residência fixa e reconhecimento na rua. A resposta era muito imediata, intensa. Acabei gostando", afirmou Wilker ao Memória Globo.

Ele interpretou o seu primeiro papel principal na TV em 1975: foi Mundinho Falcão em "Gabriela", adaptação de Walter George Durst do romance de Jorge Amado, um marco na história da teledramaturgia brasileira.

Personagens conhecidos
Wilker tem em seu currículo personagens memoráveis, como o jovem Rodrigo, protagonista da novela "Anjo Mau" (1976), de Cassiano Gabus Mendes. Em 1985, viveu Roque Santeiro, personagem central da trama homônima escrita por Dias Gomes e Aguinaldo Silva. Em 2004 interpretou o ex-bicheiro Giovanni Improtta, de "Senhora do Destino", de Aguinaldo Silva, um personagem com diversos bordões como “felomenal” e “o tempo ruge, e a Sapucaí é grande”.

O artista dirigiu o humorístico "Sai de baixo" (1996) e as novelas "Louco amor" (1983), de Gilberto Braga, e "Transas e caretas" (1984), de Lauro César Muniz. Durante uma rápida passagem pela extinta TV Manchete, acumulou direção e atuação em duas novelas: "Carmem" (1987), de Gloria Perez, e "Corpo santo" (1987), de José Louzeiro.

Apaixonado pelo cinema, o ator participou de filmes como "Xica da Silva" (1976) e "Bye bye Brasil" (1979), ambos de Cacá Diegues, "Dona Flor e seus dois maridos" (1976) e "O homem da capa preta" (1985).  Fez ainda o personagem Antônio Conselheiro em "Guerra de Canudos" (1997), de Sérgio Rezende. Além disso, foi diretor-presidente da Riofilme.

Wilker também se destacou em minisséries como "Anos rebeldes" (1992), de Gilberto Braga; "Agosto" (1993), adaptada da obra de Rubem Fonseca; e "A muralha" (2000), escrita por Maria Adelaide Amaral e João Emanuel Carneiro.

Em 2006, interpretou o presidente Juscelino Kubitschek na minissérie "JK", de Maria Adelaide Amaral e Alcides Nogueira.

O artista ainda escreveu textos para revistas e jornais e comentou a cerimônia do Oscar durante vários anos. José Wilker deixa duas filhas. Mariana, com a atriz Renée de Vielmond, e Isabel, com a atriz Mônica Torres.
                       AUTO_lute

ATORES GLOBAIS CHEGAM TERÇA-FEIRA PARA ENSAIOS DA PAIXÃO DE CRISTO DE NOVA JERUSALÉM

 Os atores globais, que participarão da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, estarão na cidade-teatro localizada no município do Brejo da Madre de Deus (PE), na próxima terça-feira (08). Carol Castro (que fará o papel de Maria), Fernanda Machado (Madalena), Carlos Machado (Pilatos) e Oscar Magrini (Herodes) chegam para ensaiar as cenas do espetáculo juntamente com o elenco de artistas pernambucanos, entre eles o ator José Barbosa que, pelo terceiro ano consecutivo, fará o papel de Jesus, e a modelo e ex-miss Pernambuco Meyriele Abrantes, que fará o papel de Herodíades.
 Este ano, as encenações terão início no próximo sábado, 12 de abril, e se encerrarão no sábado seguinte, dia 19. Em sua 47ª temporada, o espetáculo apresentará mais uma vez uma história de fé, esperança e muita emoção contada por 50 atores e 500 figurantes em nove monumentais palcos–plateias e cenários grandiosos do maior teatro ao ar livre do mundo localizado no agreste pernambucano, a 180 km do Recife (PE).
 Em quase meio século de apresentações, a peça já foi assistida por mais de 3 milhões de pessoas. A direção do espetáculo é de Carlos Reis e Lúcio Lombardi. A coordenação geral é de Robinson Pacheco.  
 Para o público residente em Pernambuco e Estados vizinhos, existe oferta de excursões em ônibus de turismo e vans com serviços e preços variados que podem ser encontrados no Google ou facebook. O público também pode se deslocar de automóvel até a Nova Jerusalém. A estrada que liga a cidade-teatro à capital pernambucana e à Caruaru é duplicada em sua quase totalidade, oferecendo conforto o segurança para os viajantes.
 Para os que buscam viver emoções mais fortes, a Pousada da Paixão, que está instalada dentro da Nova Jerusalém, oferece pacotes para os turistas que desejam não só assistir, mas também sonham em entrar em cena junto com os atores do espetáculo. São dois dias de hospedagem, nos quais os hóspedes assistem à peça no primeiro dia e, no segundo, atuam como figurantes juntamente com todo o elenco.
 Os ingressos já podem ser adquiridos por meio do site oficial na internet (www.novajerusalem.com.br), nas bilheterias do teatro, nas lojas da CVC (Recife, Caruaru, Garanhuns e Carpina) e, também, em shoppings do Recife e Caruaru, além da Luck Viagens em Pernambuco. O preço varia de R$ 80,00 a R$ 120,00, com meia entrada para estudantes e público até 14 anos. As compras feitas pelo site podem ser parceladas em até 12 vezes nos cartões Visa, Hipercard e Redecard.
                    newtonsilva

EDUARDO DA FONTE ACREDITA QUE DIMAS SE ELEJA COM 20 MIL VOTOS

 O jornalista Inaldo Sampaio em sua participação do programa Rádio Debate transmitido pela Rádio Polo FM, falou de uma conversa com o deputado federal Eduardo da Fonte (PP), quando na pauta esteve o vice-prefeito de Santa Cruz do Capiberibe, Dimas Dantas também do Partido Progressista.
 De acordo com Inaldo, o deputado federal trabalha para convencer Dimas a ser candidato a uma vaga na ALEPE (Assembleia Legislativa de Pernambuco), acreditando que o mesmo possa ser aleito com 20 mil votos na chapinha.
 Ainda de acordo com a visão de Da Fonte, Dantas sairia com 10 mil votos da Capital da Moda e o resto garantiria em outras cidades. Dimas seria uma das prioridades do deputado federal nessa chapinha.
 O jornalista também divulgou que Eduardo preferiu não citar o nome dos pequenos partidos envolvido nessa chapinha, temendo que os grandes possam atrapalhar o projeto, porém afirmou que possa ser eleito cerca de cinco deputados estaduais.

Do: Blog Agreste Notícia 
              OPI-002.eps

Visitas da Equipe do Proinfancia nas Rede municipal
















Escola Municipal Petrúcio Siqueira



sexta-feira, 4 de abril de 2014

EDUARDO CAMPOS SE EMOCIONA AO SE DESPEDIR DO GOVERNO DE PERNAMBUCO


O agora ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) transmitiu o cargo para o seu vice, João Lyra Neto (PSB), em cerimônia nesta sexta-feira (4), na frente do Palácio do Campo das Princesas, na região central do Recife. Campos é pré-candidato a presidente pelo partido no pleito deste ano e hoje é prazo limite para a desincompatibilização do cargo. Na despedida, Campos se emocionou ao lembrar do avô, Miguel Arraes, que foi governador do estado e, em 1º de abril de 1964, foi preso pelos militares por se recusar a renunciar ao cargo ou apoiar a ditadura. 


Ao agradecer a esposa, Renata Campos, o pré-candidato do PSB à presidência precisou interromper o discurso. "O trabalho por muitas vezes me furtou o convívio com a família", recordou, ressaltando em seguida a importância que a esposa teve ao longo de toda a carreira política, agradecendo também aos filhos.

Durante o discurso de quase 20 minutos, o ex-governador exaltou as qualidades de João Lyra, a quem chamou de amigo, e lembrou as metas alcançadas do governo, como a redução da violência. Entrando já em clima de campanha, Campos criticou o atual pacto federativo, pedindo mudanças na atual estrutura. "Sei que Pernambuco novamente vai ajudar o Brasil a encontrar novos caminhos. 

E a solidariedade pernambucana, sua capacidade de luta e de paz, que nos impele o desafio de levar aos brasileiros as imensas potencialidades que aqui se realizaram nesses dois períodos de governo. Saio do governo do estado com a esperança revigorada, a esperança de um Brasil democrático. [...] Muito obrigado Pernambuco, agora é a hora de unir o Brasil e vencer", se despediu o ex-governador, recebendo aplausos de centenas de pessoas.

Na plateia, além das famílias do governador e seu antecessor, estavam os ex-governadores Mendonça Filho, Jarbas Vasconcelos, Roberto Magalhães e Joaquim Francisco, além de políticos locais e representantes dos poderes Legislativo, Judiciário e do Ministério Público. Era possível também ver diversas faixas alusivas a representações políticas do interior do estado.


Governador
Antes do discurso de Campos, o cerimonial chamou para discursar o governador do estado. Lyra e o ex-governador se levantaram, arrancando risos. "Hoje vou quebrar o protocolo e falar antes de Eduardo", disse bem humorado o novo governador. Lyra tomou posse mais cedo na Assembleia Legislativa de Pernambuco, na Rua da Aurora, de onde veio acompanhado da mulher, Raquel Queiroz, até o Palácio do Campo das Princesas. 

Nascido em Caruaru, o governador fez questão de lembrar suas origens e a relação de sua família com Miguel Arraes, destacando que as trajetórias políticas de ambos se cruzam há mais de 50 anos.

Agradecendo a Campos, Lyra voltou a prometer continuidade no governo, como dissera mais cedo na Alepe. "Aqui [nessa cerimônia] está a unidade política em defesa de Pernambuco. Eu vou continuar cumprindo todos os compromissos que assumimos em 2006 e ratificamos em 2010", prometeu, para em seguida acrescentar que cabe agora ao presidente nacional do PSB levar a experiência vivida no estado para todo o país, em uma clara referência a pré-candidatura de Campos à Presidência. 

Após a cerimônia, os dois se despediram e Lyra seguiu para os jardins da sede do governo, onde recebe os cumprimentos pelo novo cargo. 

Mulher conta que passou álcool por toda a casa por conta de vírus no pen drive





                      sergiopaulo

Caruaru apresenta o projeto da nova feira

O local da nova Feira da Sulanca foi divulgado pelo prefeito José Queiroz, em Caruaru. No vídeo abaixo está o conceito original , que ainda pode sofrer alterações, de acordo com a topografia do terreno.

Um dos principais destaques do vídeo, e a informação mais esperada, foi a localização. A Feira ficará praticamente em frente ao Polo Comercial, após o Hospital Mestre Vitalino. A área adquirida com a verba do Governo do Estado é de 60 Hectares. Confira o vídeo:


Fonte: www.blogdeigormaciel.com.br
                       pater

Cássio, sobre a tese de inelegibilidade: "Tá com a bexiga lixa, vão querer me punir a vida toda?"

                Pro desespero de Geraldo Bigodão, ativista brasileira posa pra Playboy
“Tá com a bexiga lixa… Vão querer me punir a vida toda?”, indagou Cássio Cunha Lima hoje em Campina Grande ao responder, no Correio da Manhã (98.1), à pergunta se estaria elegível para as eleições de outubro vindouro.
O senador tucano foi didático no argumento: “A eleição de 2006 foi no dia 1º de outubro e em 2014 será no dia 05. Então, mesmo se fosse de oito anos a inelegibilidade a pena terminaria quatro dias antes das eleições”, simplificou.
Cássio teve o mandato de governador cassado em 2007 e por este motivo teria problemas com a Lei Ficha Limpa para registrar sua candidatura, tema que divide opiniões no Estado. Mas ele ratificou na 98.1 a tese de que é elegível. Sua inelegibilidade foi de três anos, portanto, já cumprida, conforme entende e prega.
Na entrevista, Cássio voltou a criticar seu antigo aliado Ricardo Coutinho e disse que o governador tem a prática de desqualificar quem o contraria. “É do estilo eu quero, eu posso e eu mando”, explicou taxando RC de perseguidor.
Um exemplo, dado por Cássio: “Pinto do Acordeon (sanfoneiro) por ter escolhido votar em Zé Maranhão nas eleições de 2010 está há três anos sem se apresentar em eventos patrocinados pelo Governo do Estado porque é perseguido politicamente. Isso é inaceitável”, afirmou.
JORNALISTAS COM PRIVILÉGIOS
Dentre o rosário de críticas contra RC uma atinge a categoria dos jornalistas e carece de provas robustas, já que a denúncia generaliza atingindo todos os profissionais da comunicação do Estado.
De acordo com o tucano, Ricardo Coutinho “paga” jornalistas para divulgá-lo através de uma ‘folha extra’ do Governo, espécie de caixa dois.
A declaração teria surpreendido os apresentadores do noticioso, Morib Macedo e Carlos Souza, ambos assessores no Estado desde o Maranhão III (Souza é também assessor da PMCG) e fora do teriam mostrado ligeira insatisfação.
Cássio, ao seu estilo afoito, ainda tentou peitá-los: “você tem coragem agora de falar mal do secretário de comunicação, por exemplo?”, indagou a Carlos Souza explicando que se isto eventualmente acontecer o dono da rádio será acionado “porque não se pode falar mal do Governo”.

Carlos Souza foi acudido por Morib, que ainda tentou contestar Cássio dizendo que o programa é imparcial e que tem vez por outra feito ácidas críticas à Cagepa. Irônico, numa espécie de pedido de desculpas amarelada, Cássio foi rápido no final do programa: “olha, eu não pensei que iria te ofender, mas também não sabia que ias pegar a carapuça”, disse mais ou menos dessa forma
                        alpino

Governador volta ao Cariri na próxima 6ª para inaugurar a rodovia entre Jataúba- Congo-Camalaú.

         Pro desespero de Geraldo Bigodão, ativista brasileira posa pra Playboy

O governador Ricardo Coutinho estará retornando ao Cariri paraibano na próxima sexta-feira (11), para inaugurar mais um trecho do Anel Viário do Cariri. Desta vez, Ricardo inaugura a estrada que liga o município do Congo a Jataúba (PE), além da estrada que liga Camalaú ao Congo.
        Pro desespero de Geraldo Bigodão, ativista brasileira posa pra Playboy
Especula-se que o ex-governador do Pernambuco, presidenciável Eduardo Campos (PSB), estará participando das solenidades. De acordo com informações da assessoria do governador, em sua agenda estão outras atividades para a região, dentre elas acompanhar o andamento das obras que estão sendo executadas pelo Governo do Estado.
                              
Será que o galeguinho dos olhos azuis desta vez vem inaugurar o asfalto? Quem vai segurar nos ovos dele? Antonio de Roque ou Mamão?
                 sinovaldo

A TAÇA DO MUNDO É NOSSA

Pela quinta vez consecutiva, o Brasil é o país que proporciona o pior retorno de valores arrecadados com tributos em qualidade de vida para a sua população.
A conclusão consta de estudo do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação) que compara 30 países com maior carga tributária em relação ao PIB (Produto Interno Bruto) e verifica se o que é arrecadado por essas nações volta aos contribuintes em serviços de qualidade.
ltm
* * *
Eu se encho-me todinho de orgulho cívico quando leio qualquer notícia que coloque Brasil em primeiro lugar, com uma Medalha de Ouro.
Medalha de Ouro em qualquer coisa, em qualquer atividade ou em qualquer setor. Até o fato de termos a prisidanta  mais idiota do mundo me deixa arrepiado de satisfação.
Primeiro lugar em pior retorno para os pagadores de impostos – e pela quinta vez consecutiva!!! -, chega me deixa saltitando de tanto patriotismo.
AUTO_frank
Ganhei minha sexta-feira e terei um excelente final de semana degustando esta notícia maravilhosa.
Me junto ao grilo de Geraldo Silva pra comemorar mais este título mundial banânico.
Francamente, dispenso ganhar a próxima Copa do Mundo de Futebol.
A Copa do Mundo do Pior Retorno de Impostos é muito mais importante!
                    fausto

''ESCOLA ESTADUAL SOFRIDA E ESQUECIDA PELO GOVERNO E LIDERES ESTADUAL''


Recebemos na manhã do dia 03/04 uma ligação telefônica de uns alunos que preferem manter-se no anonimato dizendo que o Blog Portal do Agreste fizesse uma visita a Escola Estadual José Lopes de Siqueira, para verificar algumas situações lá existentes, principalmente o portão de acesso, pois há 90 dias está prestes a cair. 
Fomos até a escola e em lá chegando não constatamos somente o estado do portão, conforme a informação preliminar, mas o que vocês vão ver nas fotos abaixo.    
  
  

 
    
    


Também constatamos que e escola está um pouco sofrida com muito mato, entulhos, Cadeiras, estante, pratos e copos jogados ao relento.
  De quem é a culpa? Será que o dinheiro público não está sendo ali, jogado? Ah! Tem também a quadra coberta.

 Conforme anuncia a placa, ainda esta longe de ficar coberta, no entanto, a mesma placa estampa que a execução das obras terá seu término em outubro de 2011 (Incluindo a Quadra coberta). Ora, se a escola oferta o ensino no tempo integral, é elementar que a quadra seja essencial para oferecer lazer aos alunos.

    
 No entanto, está como você vê na imagem. O que aconteceu com a quadra? Qual a explicação que será dada aos alunos? Será a quadra construída ou não? Ou aconteceu o que sempre acontece aqui no Brasil: o dinheiro acabou, escafedeu, sumiu? 

                                     E está corda qual será sua finalidade?

Ruy Siqueira