sábado, 5 de julho de 2014

TCE LIBERA LISTA COM 1.643 FICHAS-SUJAS EM PERNAMBUCO E BODE AZUL ESTÁ ESCALADO!

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) encaminhou nesta sexta-feira (4) ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) a lista definitiva com o nome dos 1.643 gestores públicos do Estado que tiveram suas contas julgadas irregulares pelo órgão nos últimos oito anos.

Caso algum candidato conste da lista, a Procuradoria Eleitoral pode pedir ao TRE a impugnação da candidatura e que ele seja declarado inelegível. A impugnação vale para os gestores que o TRE entender que estão na lista por irregularidades materiais; e não meramente formais.






HOMEM É ASSASSINADO EM SANHARÓ

homem assasinado em sanharo

do agreste violento
Foi assassinado a tiros na noite desta quinta-feira (03) em Sanharó, o ex-presidiário, Cícero Rafael da Silva Lima, vulgo “Rafinha”, que morava em Sanharó e tinha uma extensa ficha criminal.

O jovem que foi atingido com 5 tiros, já foi preso por vários crimes, inclusive tentou matar um desafeto em Pesqueira, após flagrar esse cara com a sua ex-mulher e ontem foi morto quando trafegava na sua moto.

No ano de 2012, acabou sendo preso pelo delegado Dr. Luiz Bernardo, que na época era o delegado titular de Pesqueira.

O corpo da vítima já foi encaminhado ao IML de Caruaru.
                    duke2

Prefeito do PSB e nove vereadores do Cabo aderem a Armando

O Prefeito do Cabo de Santo Agostinho, a quarta maior economia do Estado, José Ivaldo Gomes, Vado da Farmácia (PSB), oficializou neste sábado (5) seu apoio às candidaturas de Armando Monteiro (PTB) ao governo de Pernambuco, de Paulo Rubem (PDT) a vice e de João Paulo (PT) ao Senado. Em um discurso marcado pela coerência, Vado argumentou que seu ingresso na coligação "Pernambuco Vai Mais Longe" se dá pelo alinhamento com a candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), que, em Pernambuco, estará integrada ao palanque liderado por Armando.
A decisão de Vado da Farmácia foi acompanhada por nove dos 17 vereadores que compõem a Câmara Municipal, que decidiram subir no palanque do PTB nesta eleição: Aziel (PSD), Amaro do Sindicato (PRP), Keko do Armazém (PDT), Gesse Valério (PSB), Alexandre Guedes (PMN), Marco INPS (PDT), Domingos (PCdoB), Neto da Farmácia (PTC) e Abel Neto (PSB).
 Além do compromisso com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com a presidente Dilma Rousseff, o ingresso do prefeito do Cabo, sétimo maior colégio eleitoral de Pernambuco, com mais de 150 mill eleitores, fortalece a rede de apoios que Armando Monteiro vem arregimentando na Região Metropolitana do Recife (RMR).
"Na minha eleição, em 2012, eu já dizia em quem iria votar para presidente e que a minha candidata era Dilma. Já tinha fechado esse compromisso com Lula e com Dilma lá trás. Como é que em dois anos Dilma não presta mais?", questionou o prefeito Vado da Farmácia, ressaltando que o município cresceu, nos últimos dez anos, graças aosinvestimentos feitos pelo governo federal.
"O Cabo se desenvolveu nos últimos 12 anos graças ao apoio e aos investimentos feitos por Lula e DIlma na cidade. E Armando fez parte dessas mudanças, seja como deputado federal ou como senador", afirmou o prefeito Vado da Farmácia.
 Em sua palavra, Armando Monteiro garantiu que seu governo vai ser parceiro do Cabo de Santo Agostinho. O candidato do PTB reafirmou que a entrada de Vado em seu palanque reforça a presença do PTB na RMR.
"Alguns disseram que a gente não era forte na Região Metropolitana e os fatos vêm desmentindo isso. Se olhamos o mapa, observamos a presença maciça dessa coligação nessa região. E a presença de Vado reafirma essa rede de apoios na região. A gente tem um time forte", cravou Armando. "Pode ter certeza que você vai ter um parceiro no governo de Pernambuco", acrescentou o candidato a governador. (Crédito da foto: Léo Caldas/Divulgação)
                  duke2

Popular se mata enforcado


TORITAMA: Na manhã deste sábado (05) foi encontrado morto em sua residência no bairro de Fazenda Velha, Carlos Roberto Martins, de 44 anos, mais conhecido por Pingo.
As primeiras informações é que Pingo sofria de depressão e já teria tentado o suicídio outras vezes e que na noite de ontem ele tinha brigado com a esposa e a filha que foram dormir em outra residência e ao chegar na manhã de hoje se depararam com a terrível cena do enforcamento do Pingo que pendurou uma corda de varal e deu duas voltas no pescoço e depois se jogou nas escadas.
A Polícia Militar foi ao local e isolou a área até a chegada da polícia civil que fez o levantamento cadavérico e encaminhou o corpo para o IML em Caruaru. (Fonte: Folha da Cidade)



                      elvis

Eduardo não empolgou o Nordeste como desejava



Um dos dados mais surpreendentes das últimas pesquisas é o desempenho pífio do nordestino Eduardo Campos na região Nordeste. Hoje, segundo o Datafolha, ele amealha nesse pedaço do mapa 11% das intenções de voto —um índice apenas dois pontos acima dos 9% que obtém em todo o país. Para quem governou Pernambuco por dois mandatos é pouco, admitem até os seus correligionários.


A inanição vira constrangimento quando se verifica que Campos está tecnicamente empatado no Nordeste com o mineiro Aécio Neves, a quem o Datafolha atribui 10%. O sonho de destronar Dilma Rousseff na região virou pesadelo. Cavalgando os programas sociais do governo, sobretudo o Bolsa Família, a candidata de Lula arrasta, hoje, 55% dos votos dos nordestinos.

Nas suas andanças pelos Estados do Nordeste, Campos gosta de recordar que Dilma deve sua eleição aos nordestinos, que lhe presentearam, em 2010, com uma dianteira de 10,7 milhões de votos em relação a José Serra, então candidato do PSDB. “Agora, ela quer levar nossos votos de novo”, disse Campos em recente viagem à Bahia. “Não terá! Dessa vez os nordestinos já têm em quem votar.”

Por enquanto, esse tipo de discurso não colou. Ao contrário. No Datafolha de junho, Dilma obtivera 48% no Nordeste. Na nova sondagem, ela avançou sete casas, estacionando nos 55%. Campos não é o único a lamentar. Aécio também esperava que o candidato do PSB marchasse sobre o eleitorado nordestino do PT, atenuando a vantagem que compensa a fragilidade de Dilma noutras regiões.

Há três meses, quando deixou o governo de Pernambuco, a primeira preocupação de Campos foi a de se instalar em São Paulo. Queria ver e, sobretudo, ser visto no maior colégio eleitoral do país. Dava-se de barato, então, que o Nordeste lhe cairia no colo por gravidade, mercê da grande aprovação que sua gestão tivera em Pernambuco.

No momento, um pedaço do PSB avalia que Campos terá de dispensar mais atenção ao Nordeste, abrigo de 27% do eleitorado do país. Sob pena de perder terreno não para Dilma, mas para o próprio Aécio. Que costurou alianças estratégicas em Estados como Bahia e Ceará.
                     genildo

Tentativa de homicídio em Jataúba na noite deste sábado.

De acordo com as primeiras informações é que um senhor foi alvejado com um tiro no Bairro Branco. 

Aguarde logo teremos mais informações. 


Por Collar
                       zop

Mais uma vez a Pizzaria Big Pizza foi alvo de bandidos

Pizzaria Big Pizza foi alvo de bandidos mais uma vez, de acordo com as primeiras informações é que dois meliantes chegaram no estabelecimento e anunciaram o assalto, levando dinheiro e pertences dos clientes que ali estavam. 


Nossa equipe está no local para colher mais informações. 

Collar 
                      paixao

Zé Augusto abriu da parada!

A mais esperada entrevista do ano até agora em Santa Cruz do Capibaribe, ocorreu na manhã deste sábado, quando o deputado federal José Augusto Maia (PROS), anunciou em coletiva que não sairá candidato a nenhum cargo na eleição de 2014. Entre seus familiares, Zé Augusto Maia afirmou em clima de tristeza que nem ele, nem o filho Tallys Maia, disputarão cargos nesta eleição.

Foto: Heverton Moura
Visivelmente emocionado e demonstrando cansaço pelos últimos dias de “virgília” no escritório do PP em Recife, o deputado alegou que pela união do grupo dos taboquinhas estava desistindo da candidatura, tanto de federal, quanto de estadual, e apoia Ernesto Maia e Toinho do Pará para estadual. 

Quanto ao apoio para federal, disse que se reunirá com os vereadores para juntos discutirem o assunto, e que havia falado esta semana com Ernesto e Toinho sobre sua indicação para o federal. No final da coletiva, muitos eleitores foram chegando a sua residência, onde aconteceu o anúncio.

Com a decisão, espera-se que todos caminhem juntos no apoio a todas as candidaturas do grupo. O deputado com sua atitude acabou salvando os chamados taboquinhas de um racha histórico. 
                  Neymar montagem

ACABA DE SER CRIADO O CCJ-2

Candidata a deputada estadual pelo PT-RS, uma advogada chamada Luísa Helena Stern incentivou nesta sexta-feira à noite a morte do jogador colombiano Camilo Zúñiga, responsável pela jogada desleal que tirou Neymar da Copa 2014.
Em alguns posts no seu twitter, ela sugeria a violência:
muerte a @camilozuniga18, que não saia vivo do Brasil e se sair, que nunca mais volte a cometer futebol!”.
morte ao jogador
Ou ainda:
Desejo que o @camilozuniga18 tenha o mesmo fim do Escobar… com a diferença que o outro era inocente…”.
Ela se refere a Andrés Escobar, jogador da seleção colombiana de 1994, executado com doze tiros quando retornou ao seu país após o torneio. Ele marcou um gol contra na competição e foi tido como o grande responsável pela desclassificação da seleção colombiana.
* * *
Depois que o PT criou o CCJ, o Comando de Caça aos Jornalistas, através do seu vice-presidente, o nazi-fascista hitleriano Alberto Canalhice, agora uma jumenta vermêia cria o CCJ-2, o Comando de Caça aos Jogadores.
Como essa turminha de tabacudos istrelados prima sempre pela coerência, a candidata a deputada pelo PT gaúcho botou em sua página uma foto ao lado da ilustre cumpanhera que a convidou pra se candidatar e a entrar na política.
Trata-se da campeã da defesa dos Direitos Zumanos, aquele aleijão de caráter que atende pelo nome de Maria do Terço.
Aliás, a candidata Luísa Helena, em sua página internética, também se diz “defensora intransigente” dos Direitos Zumanos. Certamente ela faz uma defesa que inclui o extermínio físico de jogadores que lesionam os craques da seleção deztepaiz.
Vejam que parelha linda as duas formam:
parelha linda
                AUTO_brum

Candidatos já não podem comparecer a inaugurações de obras públicas

                                   urna
Os candidatos a qualquer cargo nas eleições de outubro estão proibidos, a partir de hoje (5), de comparecer à inauguração de obras públicas. A regra consta da Lei das Eleições (Lei 9.504/87), que normatiza o processo eleitoral. A restrição coincide com o prazo final para que os políticos registrem na Justiça Eleitoral suas candidaturas.
A lei também impede que, a partir deste sábado, agentes públicos façam nomeações, contratações ou demissões de servidores públicos até a posse dos eleitos, no dia 1º de Janeiro de 2015. No caso dos concursos públicos, os aprovados poderão ser nomeados se o certame tiver sido homologado até 5 de julho.
Integrantes do governo também estão proibidos de autorizar publicidade institucional de programas e obras das administrações federais e estaduais. Pronunciamento em cadeia de rádio e TV só poderá ser feito em caso de assunto urgente ou calamidade pública, situação que deverá ser avaliada pela Justiça Eleitoral.
O eleitor pode denunciar abusos por meio dos tribunais regionais eleitorais ou do Ministério Publico Eleitoral (MPE). A punição varia de pagamento de multa até cassação do mandato, se o candidato for eleito.

sexta-feira, 4 de julho de 2014

               bruno
                   marioalberto

Morador preocupado com a fedentina pede que autoridades tomem providências.



O Sr. Erivaldo procurou nossa equipe para mostrar como está a Rua da Liberdade, no Canal onde era para escoar a agua da chuva, está sendo jogado esgoto, segundo alguns moradores tem dia que escorre no mesmo um rio de merda viva. 


Erivaldo nos passou que, às vezes ele fecha seu mercadinho porque não aguenta a fedentina, sem falar nas muriçocas, ratos e baratas. Os moradores da rua nos passou que já foi feito abaixo assinados e que a prefeitura tem ciência de quem joga estes dejetos no canal, mais que por medo e ou má vontade não procura resolver este mal que tira o sossego dos moradores daquela rua. 


Aqui nesta poça de Água suja é um belo berço de proliferação de muriçocas.  


Além de tudo isso tem moradores que chega a jogar lixo dentro do canal, veja pelas fotos onde o lixo está tomando conta. 




Este problema se estende pela rua Marechal Castelo Branco, onde os moradores querem que o prefeito resolva um problema de uma passagem molhada, que está caindo aos pedaços. Ouvindo relatos de alguns moradores, eles estão praticamente abandonado, se precisarem de uma Ambulância ou qualquer serviço que envolva um carro não estão podendo usufruir do mesmo, porque não passam na pequena ponte. 











Olhando o problema desta passagem molhada, vejo que é muito fácil de se resolver basta querer fazer. 







Veja o que falou Erivaldo sobre esta passagem molhada. 




“Uma semana dessa um senhor adoeceu aqui nesta rua, onde foi preciso vim uma Ambulância mais ela parou aqui na passagem molhada, porque se ela passasse para o outro lado corria o risco de cair dentro do canal, aí lamentavelmente eu tive que pegar uma carroça de mão para transportar o senhor até a Unidade Móvel”.


Sou ciente de Tudo.

“Não sou hipócrita de só apontar os erros eu tenho ciência de tudo, sei que ele está fazendo algo, o prefeito já mandou limpar este canal mais o problema é que tem casas que encanaram o esgoto dentro do canal onde era pra ser dentro da rede de esgoto, assim quem está sendo prejudicado somo nós, por isso temos que pedir ajuda a quem está nos representando que é o Sr. Prefeito”.

Collar Blog Jataúba News.
                  
                     duke

BRASIL VIVE RISCO DE EPIDEMIA DE CHICUNGUNYA, COM 17 CASOS CONFIRMADOS, DOENÇA É TRANSMITIDA PELO MESMO TRANSMISSOR DA DENGUE

A doença é parecida com a dengue, mas muito mais dolorosa. Trata-se da febre Chicungunya, originária da África, responsável por severas dores nas articulações que podem perdurar até por anos após a fase aguda da infecção. Dezessete casos já foram registrados no Brasil — aparentemente todos de pessoas que contraíram a enfermidade no exterior —, e especialistas acreditam que a deflagração de uma nova epidemia é inevitável. O vírus é transmitido pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus, os mesmos responsáveis pela propagação da dengue.

Mosquito que transmite a Chicungunya 

é o mesmo transmissor da Dengue
A febre foi detectada pela primeira vez em 1952, na fronteira da Tanzânia com Moçambique. A doença se espalhou por várias regiões da África e da Ásia, e, atualmente, há surtos cíclicos em aproximadamente 40 países, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Em dezembro passado, no entanto, a infecção foi registrada pela primeira vez nas Américas e vem se disseminando com muita rapidez: já foi reportada em 30 nações da região. No empobrecido e castigado Haiti, onde o Brasil mantém um contingente de militares, a epidemia está completamente fora de controle.

— O risco (de epidemia no Brasil) é iminente — garante o infectologista Stefan Cunha Ujvari, autor do livro “Pandemias” (Ed. Contexto). — A qualquer momento vai começar uma epidemia, não há mais como evitar: a doença é transmitida pelo aedes e segue a mesma rota da dengue. Basta um mosquito picar um doente aqui que vai passar adiante.

Dos 17 casos registrados no Brasil, 15 envolvem militares e missionários brasileiros que regressaram de missão no Haiti. Os outros dois são de brasileiros que estiveram na República Dominicana a turismo. “Outros dois casos estão em investigação, também de pessoas vindas desses mesmos países. Todos os pacientes apresentaram um quadro leve, estável e de evolução clínica favorável”, informou o Ministério da Saúde ontem, em comunicado.

— Não está claro se essas pessoas infectadas também trouxeram para o país mosquitos com o vírus — alertou Robert Muggah, diretor de pesquisa da ONG Instituto Igarapé, que realizou um levantamento sobre a doença no Haiti, entre 19 e 31 de maio deste ano.

260 mil pessoas afetadas no Caribe
Segundo o especialista, diversos outros militares que integram as tropas de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti, teriam contraído a doença por lá, sem, no entanto, voltar doentes ao país. Entretanto, eles podem ter trazido mosquitos infectados. Além disso, estamos em plena Copa do Mundo, recebendo milhares de turistas de diversas partes do mundo — todos potenciais portadores do vírus. Teoricamente, basta que um mosquito pique uma pessoa na fase febril da doença e transmita o vírus a outra para que a doença comece a se disseminar.

Por isso, Muggah acredita que é alta a possibilidade de o Brasil enfrentar uma epidemia da febre.

— Há um sério risco de a febre Chikungunya se tornar epidêmica no Brasil — afirmou o especialista. — Os primeiros casos (das Américas) foram reportados no Caribe em dezembro de 2013, e já são 260 mil pessoas atingidas diretamente. Há um tráfego constante de pessoas indo do Brasil ao Haiti por conta das tropas de paz, sem falar em trabalhadores de agências humanitárias, missionários e diplomatas.

A outra razão, na análise de Muggah, é ambiental: o Brasil tem condições climáticas ideais para a disseminação da febre, e os dois mosquitos transmissores são comuns aqui. Vale lembrar que o país teve mais de 1,4 milhão de casos de dengue no ano passado (cerca de dois terços de todas as ocorrências do Hemisfério Ocidental).

— Embora o Brasil tenha uma infraestrutura de saúde pública muito mais sofisticada do que a do Haiti, se medidas preventivas não forem rapidamente adotadas, a epidemia pode se disseminar rapidamente — disse Muggah. — O potencial para uma epidemia catastrófica é muito alto.

O Brasil já tinha registrado três casos importados da doença em 2010, e eles não deflagraram uma epidemia, lembra o Ministério da Saúde, acrescentando que, desde então, passou a acompanhar e monitorar continuamente a situação do vírus causador da febre Chikungunya.

“No final de 2013, o ministério elaborou um plano nacional de contingência da doença, que tem como metas a intensificação das atividades de vigilância; a preparação de resposta da rede de saúde; o treinamento de profissionais; a divulgação de medidas às secretarias e a preparação de laboratórios de referência para diagnósticos da doença”, informou a nota.

A letalidade do Chikungunya não é muito alta (uma morte a cada mil casos, em média, segundo os Centros de Controle de Doenças dos EUA), mas a doença é extremamente debilitante. A palavra chikungunya vem de um dialeto da Tanzânia e significa “doença do andar curvado”. O nome, segundo explica Ujvari, reflete os sintomas, semelhantes ao da dengue, mas em intensidade bem maior: febre, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço. As articulações são muito afetadas. O vírus avança nas juntas dos pacientes e causa inflamações com fortes dores acompanhadas de inchaço, vermelhidão e calor local. O paciente tem dificuldade de movimentos e locomoção.

— O grande diferencial da doença (em relação à dengue) é a dor excruciante nas juntas, que pode persistir por meses e mesmo anos depois do estágio febril — explica Muggah. — O nome é uma referência ao fato de as pessoas se contorcerem de dor.

Perigo de dores recorrentes

Se não for corretamente tratada, pode levar a problemas permanentes de mobilidade ou de sintomas recorrentes de artrite, especialmente em pacientes mais idosos e pessoas com outros problemas de saúde. As crianças pequenas também são mais vulneráveis. Febres altas, convulsões e desidratação podem levar a complicações graves e até à morte.

Não há, no entanto, um tratamento específico para a febre. O que os médicos fazem é tentar aliviar os sintomas dos pacientes. As medidas de prevenção são as mesmas usadas no combate à dengue: inseticidas e repelentes, além da eliminação dos locais de reprodução do mosquito, como áreas de água parada.

Um estudo feito no Haiti com 3 mil famílias (aproximadamente 14 mil pessoas), além de centenas de estrangeiros, revelou que a doença “conhecida como a nova dengue está em estágio avançado de disseminação no país caribenho e fora de controle”.

                      pater

Armando consegue vitória no TRE-PE




Por unanimidade, todos os desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE) absolveram, nessa quinta-feira (3), o senador Armando Monteiro (PTB) da ação impetrada pela coligação “Frente Popular” de suposta propaganda antecipada. O petebista foi acionado na Justiça eleitoral por ter comemorado no Twitterdados da pesquisa Vox Populi, de abril, que apontou sua liderança na corrida sucessória em Pernambuco, por 53% contra 7% de Paulo Câmara (PSB).

A notícia havia sido publicada dias antes em um jornal de circulação estadual e foi apenas reproduzida no perfil oficial de Armando Monteiro na rede social.

Essa foi a observação feita por todos os desembargadores do TRE, que entenderam que a publicação feita no perfil oficial de Armando Monteiro no Twitter não se tratava de uma divulgação, mas sim da reprodução de uma notícia, tendo em vista que a informação já havia sido divulgada oficialmente por um veículo de comunicação de âmbito estadual.

Baseados em jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), todos os desembargadores do TRE observaram ainda que publicações veiculadas pelo Twitternão são passíveis de restrições ou de cerceamento da liberdade de expressão.

“Não houve a divulgação no perfil do senador Armando Monteiro de uma informação até então desconhecida. Tratou-se apenas da reprodução de um dado que já havia sido publicado em um jornal”, afirmou o advogado da coligação “Pernambuco Vai Mais Longe”, Walber Agra.

“Isso demonstra, mais uma vez, o medo da Frente Popular de, com o calor das eleições, estar tentando judicializar o pleito, cada vez mais, para mitigar as chances de vitória do senador Armando Monteiro”, acrescentou o jurista.
                      ppj

Campanha de Campos e Marina custará R$ 150 milhões


O ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB) registra oficialmente sua candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quinta-feira (3). O socialista prevê gastos na ordem de R$ 150 milhões para o primeiro turno da disputa eleitoral. O valor é 32% maior ao teto estipulado quatro anos atrás pela campanha presidencial de Marina Silva, sua vice. Na época, Marina era filiada ao PV e previa gastos de R$ 90 milhões (R$ 114 milhões atualizados).

É bom destacar que estes números não correspondem ao valor real dos gastos na campanha. Por exemplo, na eleição passada, quando ficou em terceiro lugar com 20 milhões de votos, Marina Silva declarou ter gasto, efetivamente, R$ 24,9 milhões. Ou R$ 31,4 milhões, em valores atualizados. A campanha de Eduardo Campos poderá gastar menos do que o valor estipulado inicialmente.

O candidato do PSB, que faz oposição a presidente Dilma Rousseff (PT), deve registrar sua candidatura pessoalmente. Assim como seus adversários, Eduardo Campos deve ter os maiores gastos com a produção do guia eleitoral, além do pagamento da equipe de publicidade.

“Faremos um esforço para que a arrecadação chegue próximo disso (o teto estipulado), mas lamentavelmente é um valor muito alto, um custo absurdo, o que evidencia uma deformação da democracia", disse Carlos Siqueira ao jornal Folha de S. Paulo desta quinta-feira (3). Siqueira é coordenador da campanha de Campos.

Ainda nesta quinta (3), Eduardo vai apresentar uma proposta de governo. Este ato é um protocolo exigido por lei no momento em que os partidos registram as candidaturas. O documento apresenta as diretrizes de um futuro governo. Eduardo Campos e Marina Silva defendem, por exemplo, a maior distribuição de recursos para estados, além um desenvolvimento sustentável.

Gastos de Aécio Neves

Outro candidato da oposição, o senador e candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB) deve gastar em torno de R$ 290 milhões. Os números foram divulgados por sua equipe. Em 2010, o tucano José Serra declarou um teto de R$ 180 milhões, ou R$ 228 milhões atualizados. Já a presidente Dilma Rousseff (PT), neste mesmo período, projetou gastos na ordem de R$ 191 milhões, ou R$ 242 milhões atualizados.