sábado, 28 de maio de 2016

Bomba: “Todo mundo conhecia o esquema de Dom João VI”, diz Sarney





MARANHÃO – No governo desde a chegada de Pedro Álvares Cabral, José Sarney acaba de fechar sua delação premiada. “Tirem as crianças da sala!”, reagiu Alexandre Frota. “Os livros de História serão reescritos”, celebrou Marco Antonio Villa. Todos os escrivães concursados da Polícia Federal foram recrutados, às pressas, e trabalharão sob um complexo esquema de folgas para que todos os fatos apontados pelo ex-presidente sejam registrados.

Altruisticamente, antecipa dois capítulos da delação.

Capítulo 1: Renan articulou pelas Capitanias Hereditárias

A divisão do Brasil em terrenos autônomos, cada qual com suas concessões de rádio e TV, dividiu o comando do PMDB feudal. Segundo Sarney, Renan Calheiros articulou com a Coroa Portuguesa para ficar com o pedaço de terra que hoje equivale ao Maranhão. A estratégia, no entanto, caiu por terra depois que Sérgio Machado divulgou um pergaminho revelando as conversas entre Renan e um advogado do Rei. A partir desse episódio, Sarney aprendeu a nunca colocar advogados nas negociações.

Capítulo 2: “O primeiro a ser comido vai ser o Conde D´eu”

Dom João VI chegou ao Brasil numa caravela emprestada por Eike Batista, segundo Sarney. “Todo mundo sabia do esquema do Dom João VI, que se esbaldava de comer aquelas coxinhas de frango para aumentar o faturamento líquido da Friboi. Fora o conluio com as empreiteiras para a construção do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. “O primeiro a ser comido vai ser o Conde D´Eu”, completou.

No final da tarde, acossado pela delação de Sarney, Sérgio Machado decidiu soltar sua bomba mais nociva aos destinos da Nação: um áudio de Jorge Vercillo cantando com Mauricio Manieri.

Neste domingo tem jogo da seleção no Bar do Gordo



William Bonner usará bigode para interpretar áudio de Jucá no Jornal Nacional




PROJAC – Após dramatizar com sucesso os áudios vazados de Lula, William Bonner anunciou novidades para interpretar Romero Jucá na edição de hoje do Jornal Nacional. “Farei uso de técnicas odebrechtianas para transmitir a alma do personagem atrás das gravações. Usarei bigode, reproduzirei o sotaque do ministro e sujarei meu nome na Lava Jato”, disse, assim que saiu de uma reunião emergencial com Fátima Toledo.

Nos áudios, Jucá fala em pacto para conter Michelzinho: “O menino já escolheu aquela logomarca tétrica do governo. Temos que mobilizar o STF, os militares e a imprensa golpista para domar o mancebo”. Em cerimônia macabra, os estudantes da Fefeleche tocaram as gravações de Jucá ao contrário. “Dá para ouvir uma conversa de Michel Temer, em sânscrito, com Tutancâmon”, decifraram.

O presidente interino ficou irritado ao ouvir o conteúdo dos áudios. “É inadmissível! Jucá não fez uma mesóclise sequer! Tampouco usou termos em latim. Onde fui amarrar mea asinum?”, lamentou, enquanto redigia um esporro em decassílabos para o ministro.

Obras da Engenharia Moderna


Chico Buarque é visto vendendo miçanga na praia para sobreviver


LEBLON – O fim do Ministério da Cultura fez com que artistas consagrados finalmente começassem a trabalhar. “Estou quebrado. Da noite para o dia, perdi todas as minhas fontes de renda. Como qualquer comunista, tenho um padrão de consumo muito elevado. A Lei Rouanet pagava até meu plano Tinder Plus. Nunca passou pela minha cabeça que, a essa altura da vida, eu teria que levantar do sofá”, lamentou Chico Buarque, flagrado vendendo miçangas no calçadão.

O compositor até cogita apoiar Michel Temer. “Primeiro, foi a União Soviética que me abandonou. Agora, a Lei Rouanet… Os fornecedores cubanos que escrevem minhas músicas e livros já estão me cobrando. O jeito é falar bem do novo governo para ver se descolo outra boquinha”, desatinou. Em seguida, enquanto praticava malabares com foices e martelos, anunciou: “Em último caso, abro uma igreja”.

Na mesma pindaíba, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia e Gal Costa montaram uma barraquinha de doces bárbaros no Mercadão de Madureira.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Dilma arruma a mala aê


Quando Zé Augusto começou a ficar sem moral



Em pouco tempo no ar, o programa “Comando Geral” que inicialmente era comando pelo radialista e repórter policial Adielson Galvão, tem um novo apresentador; a novidade foi o trator (só tem zoada e a roda grande) Geraldo Silva

Como todo mundo sabe, o programa é um espaço comprado pelo ex-deputado José Augusto Maia que vai ao ar de Segunda á Sexta em uma emissora de rádio comunitária do Distrito de São Domingos do Brejo da Madre de Deus. Além de ser um espaço usado para promover o nome de “o conteúdo do programa é limitado entre “política”, informações policiais e críticas pesadas ao atual prefeito de Santa Cruz do CapibaribeEdson Vieira(PSDB). 

Conhecido em toda região pelo estilo estourado por qualquer besteira e sempre colocar no seu blog mulheres semi nuas, Geraldo Silva é polêmico, gosta de dar uma de coitado para obter ajuda financeira e adora correr para onde o vento sopra politicamente , o que leva a crê que o programa “Comando Geral” é bastante quente e movimentado. 

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Inri Cristo estará pela primeira vez em Jataúba



Depois de sua passagem bem sucedida por Caruaru-PE, Inri Cristo em breve chegará a Jataúba, agreste pernambucano, para uma visita de 36 horas, na qual terá uma agenda cheia, em um ritmo digno da cidade que nunca dorme.
Estes são os detalhes da primeira visita de Inri Cristo a maior cidade de confecção de cuecas e calcinhas da região. Em breve detalhes dos horários e localidades.

Patrocínio:



Porque as pessoas falam que foi o Padre Marcelo Rossi que matou Vera Verão?




No dia 10 de novembro de 2002, o humorista Jorge Lafond foi convidado a participar do quadro “Homens x Mulheres” no programa Domingo Legal, no SBT. Caracterizado de Vera Verão, Lafond integrava o lado feminino da disputa e foi retirado do palco após um pedido do padre Marcelo Rossi, que se apresentaria dali a alguns minutos. Enquanto aguardava consternado nos bastidores, a produção solicitou insistentemente que ele retornasse logo após a apresentação do padre. Porém, constrangido e amargurado com a situação, ele não voltou. Lafond entrou em depressão profunda após o episódio e não saiu de casa e nem deu notícias por sete dias. 

No dia 17 de novembro de 2002, uma semana depois do incidente, Lafond foi internado em estado grave, com problemas cardíacos. "Ele não teve como reagir a esta agressão e durante toda a semana ficou cabisbaixo e pensativo", disse o seu empresário, Marcelo Padilha, o que teria, acredita ele, culminado no mal-estar sentido por Lafond no domingo. Num primeiro momento, os médicos diagnosticaram uma crise hipertensiva. Depois deste dia, diversas foram suas internações no hospital, sendo a última em 28 de dezembro de 2002, quando seu problema de saúde se agravou com uma crise renal, levando-o à morte. 

A intolerância não é uma questão sequer a ser pensada ou repensada. É para ser abolida do meio da sociedade. A atitude preconceituosa e irresponsável de um padre causou muito mal e pode ter contribuído para a morte de uma pessoa que ganhava a vida honestamente fazendo as pessoas rirem. O mesmo padre que hoje fatura milhões vendendo livros e CD’s com o título “Ágape”, que significa amor incondicional, que não discrimina e não tem pré-condição. Até quando vamos tolerar tamanha leviandade e desrespeito ao ser humano?

Moda :: Fio-dental que é literalmente um fio. Vai encarar?

Moda :: Fio-dental que é literalmente um fio. Vai encarar?

Esse é para quem é ousada ao extremo: sabe o clássico biquíni fio-dental? Esqueça! O novo modelo que vem pegando entre as celebridades é literalmente um fio; não tem nem aquele pedacinho de tecido no alto do bumbum.
Quem começou com a onda na mídia foi a cantora Nicki Minaj, que escolheu um desses biquínis “micro” para estrelar o clipe de “Anaconda” (veja AQUI) e poder rebolar à vontade na frente das câmeras. Depois dela, até a esposa do rapper Ice T, Coco Austin, adotou o “modelinho” para pegar um sol e não deixar marcas. A pergunta que fica: você encararia um desses?
Moda :: Fio-dental que é literalmente um fio. Vai encarar?
                                       Moda :: Fio-dental que é literalmente um fio. Vai encarar?

Academia das Cidades de Jataúba: um belo cartão-postal





Alexandre Frota leva propostas para a Educação

O ator Alexandre Frota e Marcello Reis, integrante do grupo Revoltados On Line, posam ao lado ministro da Educação, Mendonça Filho
O ator Alexandre Frota e Marcello Reis, integrante do grupo Revoltados On Line, posam ao lado ministro da Educação, Mendonça Filho


O ministro da Educação, Mendonça Filho, recebeu no começo da tarde desta quarta-feira (25) a visita do apresentador e ex-ator pornô Alexandre Frota e de outros quatro integrantes do grupo Revoltados On Line, que apoiou o impeachment de Dilma Rousseff.
Em um vídeo postado no Facebook, Alexandre Frota afirma que entregou ao ministro uma pauta com sugestões para a área. Entre elas, está o projeto "Escola sem partido", que defende o fim do que os idealizadores da proposta chamam de "doutrinação ideológica das escolas". A lei obriga professores a serem "neutros" em sala de aula e os proíbe de "doutrinar" e "induzir" alunos em assuntos políticos, religiosos e ideológicos, sob pena até de demissão.
Frota com o ministro Mendonça Filho: ‘Pauta colocada por nós’
Em nota, Mendonça Filho afirmou que "tem como prática atender às solicitações de audiência, assim como dar retorno aos contatos recebidos". "Não discrimino ninguém, porque respeito a liberdade de cada pessoa fazer suas escolhas de vida. Conheci Frota desde os tempos que era ator pornô e não vejo problema em recebê-lo para uma visita, pois qualquer coisa é melhor que Paulo Freire, até o Alexandre Frota", declarou.